Vitor Belfort contesta ‘choro’ de Marquardt, mas aceita revanche

Brasileiro, que derrotou Marquardt no UFC Rio, usou as redes sociais para reclamar das declarações recentes do rival

Belfort venceu Marquardt por pontos no UFC 212 (Foto: Inovafoto)

Belfort venceu Marquardt por pontos no UFC 212 (Foto: Inovafoto)

Vitor Belfort não gostou das reclamações de Nate Marquardt sobre o resultado final da luta entre eles no UFC 212, realizado no Rio de Janeiro, dia 3 de junho. Após o norte-americano reclamar que não concordou com a decisão dos juízes, que marcaram a luta para o brasileiro, o ‘Fenômeno’ criticou o ‘choro’ de Nate, mas deixou em aberto a possibilidade de conceder uma revanche para o rival.

Veja Também

Hunt quer a revanche com Cigano (Foto: Facebook/MarkHunt)
Após nocautear Lewis, Hunt mira revanche com Cigano, no UFC Japão
Belfort (dir) venceu Marquardt (esq) por pontos (Foto: Facebook /UFC)
Marquardt discorda de derrota para Belfort e pede revanche

“Respeito muito o Nate Marquardt, mas ficar procurando desculpa para uma derrota não é legal. Eu venci a luta com certeza e lutar no Brasil, ou em qualquer outro lugar do mundo, não faz diferença para a organização ou para os juízes. Porque, até onde eu saiba, o UFC é uma organização internacional, que promove eventos em vários países e também tem uma equipe espalhada por todos continentes. Mas, se você quer lutar outra vez, por mim tudo bem! Eu topo! Vamos lutar em campo neutro, aí você não vai poder reclamar de lutar no país de ninguém. Na próxima, vou garantir que a luta não vá para as mãos dos juízes. Vamos lutar!!”, postou Belfort, através de suas redes sociais.

A vitória de Vitor sobre Marquardt encerrou um jejum de vitórias do brasileiro, que vinha de três derrotas consecutivas. Aos 40 anos, o carioca ainda tem mais uma luta em seu contrato com o UFC, mas já ressaltou que pretende renovar o vínculo por mais cinco combates.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário