Randamie se diz surpresa após ter cinturão retirado pelo UFC: ’Ninguém me disse nada’

Agora ex-campeã peso pena, holandesa reclamou de não ter sido avisada pelo UFC, que emitiu um comunicado oficial a respeito

Randamie se mostrou surpresa com perca do cinturão (Foto: Reprodução Facebook UFC)

Randamie se mostrou surpresa com perca do cinturão (Foto: Reprodução Facebook UFC)

A luta entre Cris Cyborg e Megan Anderson no UFC 214, válida pelo cinturão peso pena do Ultimate, pegou Germaine de Randamie de supresa. De acordo com a holandesa, até o fato dela ter sido destituída do posto de campeã da categoria é uma novidade, uma vez que ela garante que o UFC não a comunicou sobre a decisão.

Veja Também

Cyborg (esq) e Anderson (dir) se enfrentam em julho (Foto: Divulgação/ UFC)
Cyborg enfrenta Megan Anderson pelo cinturão dos penas no UFC 214
Cyborg lutará dia 29 de julho (Foto: Reprodução/Youtube)
Cyborg critica o UFC após ter luta pelo cinturão dos penas confirmada

“Eu não tinha ideia alguma de que eu estava sendo destituída do cinturão. Eu descobri através das redes sociais que a (Cris) Cyborg irá enfrentar a Megan (Anderson) pelo cinturão. Ninguém nunca me disse nada sobre isso”, declarou, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’ (EUA).

Em contrapartida, o UFC emitiu um comunicado oficial nesta segunda-feira (19), confirmando que estava retirando o cinturão de Randemie. Segundo o texto emitido, a decisão foi tomada pela recusa da holandesa em enfrentar Cyborg, desafiante número um do peso.

“O UFC informou Germaine de Randamie e seus empresários que ela está sendo removida do posto de campeã peso pena devido as recusas constantes de enfrentar a primeira colocada do ranking Cris Cyborg. Consequentemente, Cyborg enfrentará a recém contratada campeã peso pena do Invicta FC Megan Anderson pelo cinturão peso pena do UFC na luta co-principal do UFC 214: Cormier vs. Jones 2 no dia 29 de julho em Anaheim, Califórnia. O UFC reitera que espera que qualquer campeão aceite lutar contra os principais desafiantes de suas respectivas categorias para manter a integridade do esporte”.

Germaine de Randamie conquistou cinturão inaugural do peso pena feminina no UFC 208, em fevereiro passado, quando derrotou Holly Holm por decisão dos juízes. Aos 33 anos, ela já realizou cinco lutas na organização, com quatro vitórias e apenas uma derrota.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário