Cigano pedirá contraprova de doping positivo

Através de um comunicado oficial, brasileiro revelou que se desculpou com Francis Ngannou por ter sido retirado do UFC 215

Cigano pedirá contraprova de teste antidoping. Foto: Reprodução / Instagram

Cigano pedirá contraprova de teste antidoping. Foto: Reprodução / Instagram

O mundo do MMA foi pego de surpresa quando Júnior Cigano foi retirado no programa de lutas do UFC 215 por doping. O brasileiro foi pego um teste surpresa aplicado pela USADA e não enfrentará Francis Ngannou no próximo dia 9 de setembro.

Veja Também

cigano-reproducao-facebook2
Júnior Cigano falha em teste antidoping e está fora do UFC 215
Primeira encarada de F. Mayweather (esq) e C. McGregor (dir) Foto: Reprodução/Youtube/Showtime)
Dana diz que Mayweather x McGregor será luta mais vendida da história

Através de comunicado oficial, a equipe de Cigano revelou que a alteração no teste foi causada pela substância hidroclorotiazida, um diurético que é proibido pela Agência Mundial Antidoping. Júnior, porém, não reconhece o doping e  revelou que irá pedir a contraprova do exame. Ainda de acordo com a nota, o lutador brasileiro revela que ligou para Ngannou para se desculpar.

Confira abaixo a nota oficial divulgada pela equipe de Júnior Cigano sobre o caso de doping

Júnior testou positivo para uma substância chamada hidroclorotiazida, que é um diurético proibido pela USADA por ser considerado um agente mascarante. Nós não sabemos de onde veio essa substância. Junior teve seu sangue e urina testados aleatoriamente por muitas vezes e nunca testou positivo para uma substância proibida.

Nós solicitamos hoje testes na amostra B. Muitas vezes, a amostra B poderá mostrar resultados idênticos à amostra A. Porém, nós já estamos analisando seus suplementos nutricionais e medicações para determinar se alguma coisa estava contaminada. Jeff Novitzky e Donna Marcolini, do UFC, forneceram orientações para esse processo, e agradecemos pelo profissionalismo e competência.

Junior permanece comprometido e apoiando o programa antidoping da USADA – mesmo que esteja passando por uma consequência infeliz disso. Ele conversou pessoalmente com Francis Ngannou e pediu desculpas pela consequência não intencional para ele. Junior agradece a Francis pela simpatia, compreensão e respeito durante a ligação, e está muito ansioso para que ele e Francis tenham uma nova data para se enfrentarem”.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário