Técnico diz que Amanda ‘chutará o traseiro’ de Cyborg

Ex-lutador Din Thomas acredita nas habilidades da Leoa caso superluta com a compatriota saia do papel

Equipe de A. Nunes está confiante (Foto: Reprodução Instagram amanda_leoa)

Ex-lutador do UFC e técnico da academia American Top Team, Din Thomas revelou como foi o momento exato em que Amanda Nunes resolveu que gostaria de desafiar a compatriota Cris Cyborg. O norte-americano estava na casa da campeã peso galo, quando a Leoa declarou que gostaria de medir forças com a dona do cinturão peso pena. Para Thomas, Amanda vencerá Cris caso o duelo aconteça.

Veja Também

Técnico de Amanda garante que luta com Cyborg irá acontecer
Cyborg explica ‘ritual’ de tapa no rosto dado por técnico; veja o vídeo
Oezdemir nega culpa em briga e está liberado para o UFC 220

No podcast que apresenta com o campeão meio-médio Tyron Woodley, o “The Morning Wood Show”, Din garantiu que não há nenhum tipo de animosidade entre as brasileiras e garantiu que sua aluna “chutará o traseiro” de Cris.

“Quando vi Cyborg contra Tonya Evinger no UFC 214, eu fiquei impressionado, mas também Tonya aguentou muito e se manteve de pé até quando pôde. Mesmo naquele momento, eu pensava que Amanda se sairia muito melhor. Mas agora penso que Amanda irá chutar o traseiro dela. Estou animado para essa luta”, declarou Thomas, revelando ainda que Amanda não se sente ameaçada por Cyborg.

“Por muito tempo, diziam que a Amanda estava fugindo da Cyborg. Não sei exatamente como esse rumor começou, mas estive na casa dela há algumas semanas, antes do UFC 219, e ela disse que esperava que Cyborg ganhasse (de Holly Holm) pois queria enfrentá-la. Não era desrespeito, era apenas vontade de se testar. Ela disse que lutaria com quem vencesse no UFC 219. Mas ela disse que queria enfrentar Cyborg. Disse que não via nenhuma ameaça nela”, disse.

Notícias relacionadas