Bellator 56: Dudu Dantas garante vaga na final e Loro reclama dos juízes

O brasileiro Dudu Dantas será o representante tupiniquim na final do GP de pesos galos do Bellator. Na noite deste sábado (22), no Arizona, o evento norte-americano realizou sua 56ª edição e definiu os finalistas do torneio.

Dudu fez um duelo disputado contra Ed West, mas com bom preparo físico e variação de golpes, o brasileiro garantiu a vaga na decisão. Na outra semifinal, o sonho da Nova União não se concretizou. A equipe carioca tinha a esperança de fechar a final do GP, porém, Marcos “Loro” Galvão foi derrotado por Alexis Vila, em um resultado bastante contestado pela equipe nacional.

Na manhã deste domingo (23), Dedé Pederneiras, líder da Nova União, mostrou toda sua revolta pela decisão através do Twitter.

“Essa noite não consegui dormir. O Loro foi um garoto pobre, que largou a família aos 13 anos, em Manaus, com o sonho de ser lutador. Esse sonho foi roubado ontem (sábado) pela segunda vez por uma comissão de Boxe, que nada entende de MMA. Isso tem que acabar”, disparou Dedé, que isentou o Bellator pela decisão contestada. “Gostaria de deixar claro que o evento não é o culpado. As comissões erram por falta de conhecimento”, completou.

O Bellator 56 contou ainda com mais um brasileiro em ação. Fazendo sua estreia no evento, Ricardo Tirloni finalizou Steve Gable com um mata-leão e emplacou sua 14ª vitória na carreira.

Confira abaixo os resultados completos do Bellator 56:

Card principal:
Alexis Vila derrotou Marcos Loro Galvão na decisão dividia dos juízes;
Eduardo Dantas derrotou Ed West na decisão dividida dos juízes;
Travis Wiuff derrotou Christian M’Pumbu na decisão unânime dos juízes;
Ricardo Tirloni finalizou Steve Gable com um mata-leão no R2;

Card preliminar:
Richard Hale derrotou Carlos Flores por nocaute no R1;
Jacob Ortiz derrotou Edgar Garcia por nocaute no R1;
Erin Beach finalizou Roscoe Jackson com um mata-leão no 1R;
Jade Porter derrotou Nick Piedmont na decisão unânime dos juízes;
Steve Steinbeiss finalizou Dano Moore com um mata-leão no R1;
Efrain Escudero finalizou Cesar Avila com uma guilhotina no R1

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário