Entrevista com Dana White

Considerado o novo homem forte do MMA no mundo, o presidente da UFC, Dana White, conversou com a nossa correspondente, Cristiane Ripari, em Las Vegas , logo após UFC 76. Na oportunidade, Dana explicou a polemica sobre o Pride, falou sobre o equívoco com Randy Couture e sobre os planos para realizar eventos fora dos Estados Unidos. Veja a entrevista completa abaixo.

Há algumas semanas o Randy Couture mandou um fax para o UFC informando que ele estava deixando a organização mesmo faltando duas lutas em seu contrato. O que realmente aconteceu entre o UFC e ele?

Isso é o que realmente aconteceu entre ele e o UFC. Ele é parte de um filme que está sendo gravado na África do Sul neste momento e nos avisou que quer se aposentar. Ele nos enviou uma carta anunciando sua aposentadoria. Eu não conversei com ele ainda. Assim que ele voltar para os Estados Unidos eu assumo que vamos ter uma conversa e veremos qual é a verdadeira história por trás disso tudo.

Alguns órgãos da mídia publicaram que em uma conversa com você e o Lorenzo Fertitta, o Randy Couture desabafou: “Eu ouvi dizer que eu sou o segundo lutador mais bem pago. Isso não é verdade! Perguntei para o Chuck, Tito, Mirko, Wanderlei Silva, e outros. Também tenho os números do Fedor. Incluindo a opção de $250,000 PPV de bônus”. De acordo com Couture e o repórter desta matéria isso mostrou um tremendo desrespeito.

É verdade. Randy Couture tem o segundo melhor contrato do UFC logo após Chuck Liddell. Todos esses outros números com Tito, Mirko, Wanderlei Silva e a quantia oferecida ao Fedor representam menos do que o contrato de Randy Couture.

O UFC não poderia pagar melhor o Capitão América?

Nós renegociamos o contrato dele 8 meses atrás. Ele assinou esse contrato há apenas 8 meses. E agora vem dizer que não está satisfeito? Mas se ele tivesse se aproximado de mim e me falado que não está contente, nós daríamos um jeito. Eu nunca diria não ao Randy Couture. Isso é muito interessante…

O Randy não estava planejando criar uma união com todos os outros atletas por uma parceria exclusiva com o UFC por melhor compensação e bônus?

Eu não tenho nem idéia do que o Randy Couture está aprontando.

A propósito, o Fedor, que o UFC vem querendo a bastante tempo, vai lutar por uma organização americana que comprou o M-1, provavelmente em janeiro ou fevereiro próximo. O que você sabe dessa organização que está planejando criar eventos nos Estados Unidos, Rússia e Japão? Quem é o “todo poderoso” do M-1 (Mix Fight Championship)? Você sabe alguma coisa sobre quem está por trás do M-1?

Eu não sei nada sobre M-1. Não sei quem está por trás disso. Sinceramente eu acho que muito nesse momento é apenas especulação. Acho que as pessoas estão apenas supondo coisas.

Em entrevista, o Red Devil disse: “Embora nós tivéssemos aceitado o contrato exclusivo com o UFC, existiam problemas com demissão inesperada se ele perdesse lutas e também com mudança súbitas de atletas”. Entretanto você anunciou na mídia que o Red Devil foi quem recusou o contrato. Quem está falando a verdade?

Eu decidi fazer negócio com o Fedor. Obviamente o Red Devil não aceitou o contrato ou ele estaria no UFC agora. Eles interceptaram o negócio. Esses caras são malucos.

Parece que o empresário de Hollywood do Randy Couture pode te-lo influenciado na sua mais recente decisão. E se o Randy quisesse enfrentar o Fedor no M-1, o UFC o proibiria de lutar naquela organização?

Não há dúvida que o empresário dele está por trás disso. Em minha opinião o cara é um tremendo trapaceiro. Eu não gosto nada dele. Nós não nos damos bem de jeito nenhum.

Mark Cuban, aquele que conseguiu colocar Fedor no M-1 Global, acha que existe muito dinheiro a ser ganho no MMA. Você sabe muito bem que esse negócio não é tão fácil assim e que o sucesso não acontece da noite para o dia. Qual é a sua opinião sobre M-1? Você acha que eles conseguirão sucesso?

Eu concordo que o Mark Cuban está se envolvendo com MMA. Muitas outras pessoas estão tentando entrar neste negócio e já perderam milhões de dólares. Mark Cuban também vai perder muito dinheiro. Todo mundo vem acompanhando o que o UFC vem fazendo e eles acham que é fácil. Acham que vão fazer muito dinheiro. Mas não é fácil e o Mark vai descobrir isso. Veremos se ele será bem sucedido. Talvez ele se dê bem, não sei… O que eu posso te dizer é que é melhor ele parar de dançar naquele show “Dance with the Stars” e prestar mais atenção nos negócios! (risos).

As palavras Ultimate Fightting Championship, ou UFC, provavelmente significam mais para as pessoas que Mixed Martial Arts (MMA) hoje em dia. Contudo você acha possível que essa estratégia de marketing talvez esteja deixando os atletas inconfortáveis?

Nós iniciamos um campeonato de lutas. Construímos atletas, descobrimos estrelas e a marca vem crescendo junto com tudo isso. É como funciona. Eu não estou nem aí se as pessoas não estão satisfeitas com o modo como administramos nossos negócios. Vá lutar em outro lugar. Preste atenção em todas essas outras organizações que estão falindo. O Pride era poderoso e faliu. K-1 também não está indo muito bem. Todas essas outras empresas não estão tendo lucro e as pessoas vêm dizer para nós que não estamos conduzindo nossos negócios da maneira correta? Vão cuidar das suas vidas! Essa é a minha resposta pra isso.

Ficamos surpresos ao ouvir sobre o fechamento do escritório e a demissão dos funcionários do Pride no Japão. De acordo com o Sr. Nobuyuki Sakakibara o acordo quando ele vendeu o Pride era de não acabar com a organização. O que aconteceu?

Obviamente nós mantemos o escritório até onde pudemos. Nós temos pago o salário dos funcionários por todo esse tempo. Mas até quando iríamos manter um negócio que não está funcionando? Nenhuma emissora de televisão japonesa quis se envolver na transmissão. Mesmo as TVs aqui dos Estados Unidos não mostraram interesse algum no negócio. Achamos que uma vez os donos antigos não estivessem mais envolvidos conseguiríamos voltar para a TV. Não foi o caso. Então qual é a razão de manter esse negócio aberto se não conseguimos acordo com emissora alguma? Falhamos em fazer o Pride funcionar novamente. Perdemos muito dinheiro comprando o Pride. O Sr. Sakakibara fez milhões, milhões e milhões de dólares. Investimos muito e não conseguimos fazer o negócio funcionar novamente. Por isso é que resolvemos fechar.

Mais uma coisa, quando o Lorenzo mostrou interesse em comprar o Pride, o Sr. Sakakibara confirmou o acordo?

Sim, nós dissemos que faríamos o possível para manter o Pride vivo. Queríamos fazer um Pride x UFC. O problema é que o nome já estava desgastado. Não conseguimos mantê-lo vivo. Ninguém queria fazer negócios com o Pride.

De acordo com um release, por falta de cooperação dos executivos do Dream Stage Entertainment, não foi possível organizar mais eventos. Quem são exatamente esses executivos e que tipo de problema causaram?

Me desculpe, mas não vou falar sobre isso.

Onde o UFC pretende realizar futuras edições? Chicago, New York, Canadá, México, Alemanha?

Estamos indo para o Canadá, México e Alemanha no ano que vem.

E quanto a Ásia? Ouvimos dizer que talvez tenha um evento no Japão na próxima primavera. Com a compra do Pride você não teria boas conexões no país?

Como não conseguimos manter o Pride vivo gostaríamos de levar o UFC para o Japão. Na verdade já estamos trabalhando nisso.

Fora uma emissora de televisão que transmita o evento, o que mais seria necessário para que esse UFC Japão acontecesse?

Precisamos de um bom patrocinador. Um lugar ideal para realizar o evento e a televisão.

Agora que o Pride acabou você planeja abrir um escritório do UFC neste país como fez na Inglaterra?

Não, não abriremos um escritório no Japão.

E quanto a China?

Estamos planejando um UFC in Macau provavelmente nos próximos 5 anos.

Ouvimos dizer que o Takanori Gomi começou uma negociação com o UFC. Se ele fechar negócio teremos a revanche Gomi x BJ Penn?

Estamos interessados no Gomi sim e estamos tentando trazê-lo para o UFC. Existem ótimos lutadores que ele poderia enfrentar na divisão 155 libras (70 quilos), que é uma categoria sensacional. BJ Penn seria um deles.

Deixe seu comentário