Treinador de Dustin Poirier, Dyah Davis credita o sucesso do atleta à sua grande resistência física

Em seu último duelo, o norte-americano demonstrou muito fôlego ao enfrentar Max Holloway por cinco rounds na disputa do título linear dos leves

Treinador de D. Poirier credita preparo físico para sucesso do atleta. Foto: Reprodução / Facebook ufc

O treinador de Dustin Poirier afirmo que grande parte do sucesso recente de seu atleta se deve ao impressionante preparo físico do lutador. Em entrevista recente ao ‘BJPenn.com’, Dyah Davis elogiou a fase do pupilo. O norte-americano está em negociações para enfrentar o campeão linear dos leves (até 70,3kg.) no card de 7 de setembro, em Abu Dhabi.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Seu limite de resistência é louco. Ele pode lutar muitos rounds e ainda ter força em suas mãos. A maioria dos caras tende perder a força quando ficam cansados, uma vez que a resistência diminui, assim como a potência. Mas Dustin fica mais forte à medida que a luta continua”, elogiou Dyah.

Davis ainda comentou sobre sua empolgação por ver seu atleta lutando durante cinco rounds inteiros contra Holloway.

PUBLICIDADE:

“Nós sabíamos que seria uma boa luta para ele, especialmente contra um lutador acostumado a lutar cinco rounds. Ele (Dustin) já foi escalado para lutar cinco rounds antes, mas os embates nunca chegaram até o final. Sempre soubemos que ele poderia manter sua potência até o final”, finalizou o treinador.

Dustin Poirier estreou no UFC em 2013, e, desde então, realizou 16 lutas pela organização. O atleta foi derrotado apenas três vezes; uma delas, para o ex-camepeão da divisão, Conor McGregor, em 2014. Poirier soma 12 vitórias e uma luta sem resultado.

PUBLICIDADE:

Seu último compromisso foi contra Max Holloway, pelo título interino dos leves, quando Dustin saiu vencedor em uma luta histórica.

PUBLICIDADE:

O Ultimate tem trabalhado para agendar o embate pela unificação do título da divisão para 7 de setembro, no evento de Abu Dhabi, no UFC 242, contra o campeão linear Khabib Nurmagomedov. A luta, porém, ainda não foi oficializada.

 

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?

Comentários

Deixe um comentário