Bellator 222: Lyoto Machida vence Chael Sonnen com joelhada brutal e aposenta falastrão

Brasileiro emplacou sua segunda vitória no Bellator e fez o 'falastrão' penduras as luvas ainda no cage circular

Machida (foto) venceu Sonnen no Bellator 222. Foto: Facebook / UFC

Virou rotina na carreira de Lyoto Machida. O brasileiro aposentou mais um grande nome do esporte. Depois de Randy Couture, Vitor Belfort e Mark Munoz, o ‘Dragão’ fez o polêmico Chael Sonnen penduras as luvas. No Bellator 222, realizado nesta sexta-feira (14), em Nova York, ele frustrou as investidas de queda do rival e com uma linda joelhada voadora mandou o norte-americano para a lona.

Veja Também

VÍDEO: Assista o nocaute de Lyoto Machida sobre Chael Sonnen no Bellator 222
IMAGENS FORTES! Paige VanZant publica imagem de cirurgia no antebraço

“Eu tenho uma coisa a dizer: eu me diverti muito. Eu tive uma boa corrida. Scott Coker (presidente do Bellator). me deu um contrato de cinco lutas, ele me deixou honrar todas as cinco lutas. E, senhoras e senhores, estou saindo. Eu aprecio as lembranças. Adeus…”, disse Sonnen, deixando as luvas no cage circular do Bellator

A luta

O combate de estilos ficou claro desde o primeiro instante. Mesmo com 42 anos, Sonnen fez uso de sua tática de buscar a queda. Ele tentou grampear o brasileiro, mas Machida bateu no chão e se levantou rápido. Na média distância, o brasileiro trabalhou com chutes na linha de cintura. Nos instantes finais do primeiro assalto, quando o norte-americano tentou novamente a queda, ele recebeu uma dura joelhada voadora e foi a lona. Lyoto ainda acertou alguns socos no solo, mas não conseguiu encerrar a peleja.

No início do segundo round, já com o rosto bastante inchado, Sonnen buscou a queda logo nos primeiros segundos. Porém, mais uma vez, Machida disparou a joelhada voadora e o norte-americano foi ao solo. Dessa vez, Lyoto acertou vários socos por cima até o árbitro encerrar a peleja e decretar o nocaute técnico.

Rory MacDonald vence Neiman Gracie, defende cinturão e faz final de GP contra Douglas Lima

Em outra luta de destaque do Bellator 222, o canadense Rory MacDonald fez valer o favoristimo diante do brasileiro Neiman Gracie, defendeu o cinturão dos meio-médios e avançou a final do GP da categoria. Na grande decisão ele irá encarar outro atleta tupiniquim: o ex-campeão Douglas Lima.

O combate começou bastante estudado com MacDonald controlando a distância e acertando os melhores golpes em pé. O brasileiro esperava o melhor momento para atacar, mas evitava se expor.

No segundo assalto, Neiman buscou a queda logo no primeiro minuto e, no solo, quase finalizou a peleja. Ele encaixou a chave de perna no canadense que teve que girar três vezes pelo cage para aliviar a pressão na articulação. MacDonald ainda tentou a parcial por cima, mas golpeou pouco.

No terceiro round, Rory frustrou as investidas de Neiman e ainda derrubou o brasileiro, controlando a peleja por cima. A história se repetiu na parcial seguinte. O canadense era melhor na luta em pé e contragolpeava as quedas do brasileiro, sempre caindo por cima.

Com a disputa nas mãos do canadense, Neiman voltou disposto a virar a peleja no quinto assalto. Ele derrubou MacDonald logo nos primeiros segundos e rapidamente chegou a montada. O brasileiro tentou encaixar o katagatame, mas Rory defendeu bem. O canadense repôs a meia-guarda e, na sequência, a guarda. Nos segundos finais, Gracie ainda tentou outra chave de perna. Entretanto, MacDonald fez ótima defesa no momento em que o gongo soou.

Resultados do Bellator 222

Card Principal

Rory MacDonald derrotou Neiman Gracie na decisão unânime dos juízes (49-46 48-47 48-47) – Semifinal GP dos meio-médios

Lyoto Machida derrotou Chael Sonnen por nocaute técnico a 22seg. do R2

Dillon Danis finalizou Max Humphrey com uma chave de braço a 4m28s do R1

Patrick Mix finalizou Ricky Bandejas com um mata-leão a 1m06s do R1

Juan Archuleta derrotou Dudu Dantas por nocaute a 4m59s do R2

Kyoji Horiguchi derrotou Darrion Caldwell na decisão unânime dos juízes (49-46 48-47 49-46) – Disputa dos cinturão dos galos

Card preliminar

Adam Borics derrotou Aaron Pico por nocaute a 3m55s do R2

Taylor Turner derrotou Heather Hardy por nocaute técnico a 3m53s do R1

Valerie Loureda derrotou Larkyn Dasch na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Robson Gracie Jr finalizou Oscar Vera com uma chave de braço a 3m14s do R1

Mike Kimbel derrotou Sebastian Ruiz na decisão dividida dos juízes (28-29, 30-27, 30-27)

Haim Gozali finalizou Gustavo Wurlitzer com um triângulo a 4m02s do R1

Lindsey VanZandt  finalizou Rena Kubota com um mata-leão a 4m04s do R1

Phil Hawes derrotou Michael Wilcox por nocaute técnico (interrupção médica) a 5m do R1

Marcus Surin derrotou Nekruz Mirkhojaev na decisão dividida dos juízes (30-27, 27-29, 29-27)

Brandon Polcare finalizou Brandon Medina com uma guilhotina a 4m33s do R1

Kastriot Xhema derrotou Whitney Francois por nocaute técnico a 3m17s do R2

John Beneduce derrotou Kenny Rivera na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-27)

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário