Cigano é cotado como azarão na luta contra Ngannou no UFC Minneapolis

Segundo a Oddsshark, o brasileiro tem cotação de 3 para cada real apostado, enquanto camaronês paga 1.38 pra 1.

Cigano é azarão contra Ngannou no UFC Minneapolis. Foto: Reprodução / Facebook

Com o pensamento de continuar a sua caminhada para recuperar o cinturão do peso-pesado, Junior Cigano sobe no octógono neste sábado, dia 29 de junho, no UFC Minneapolis, nos Estados Unidos. No Target Center, o brasileiro, terceiro do ranking, vai encarar o segundo colocado, o camaronês Francis Ngannou.  Quem vencer estará credenciado para desafiar o campeão Daniel Cormier, dono do cinturão.

Veja Também

Com quatro brasileiros, apenas Ricardo Carcacinha é favorito no card preliminar do UFC Minneapolis
UFC Minneapolis: Júnior Cigano x Francis Ngannou – Resultados

Cigano, catarinense de 35 anos, vive um momento positivo em sua carreira, estando três lutas invicto. O triunfo mais recente aconteceu em março deste ano, quando nocauteou com socos Derrick Lewis no UFC 146, no segundo round. No geral, o cartel do brazuca é de 21 vitórias e 5 derrotas. Apesar dos números interessantes, Junior Cigano é visto como azarão, ao estar avaliado em R$ 3,00 a cada R$ 1,00 aplicado por você, de acordo com o OddsShark.

Ngannou, de 32 anos, tem um histórico de 13 triunfos e 3 reveses, vindo de duas vitórias sobre Caín Velásquez, com 26 segundos, e Curtis Blaydes, com 45, em fevereiro de 2019 e em novembro do ano passado, respectivamente. O favoritismo do africano, que pode fazer você embolsar R$ 1,38, se deve pelo fato dos adversários mais recentes terem sido atletas de mais peso no momento.

A tendência é a luta chegar até o 5º e último round. Os dois lutadores são bem fortes fisicamente e tem como destaque a habilidade no boxe. Eles sabem utilizar bem as mãos para golpearem os oponentes.

Outras lutas do card principal

No peso-mosca, Jussier Formiga, de 34 anos, natural de Natal, conta com a sequência de 4 triunfos consecutivos em um cartel de 23 vitórias e 5 derrotas. Interessante é que ele já enfrentou o norte-americano Joseph Benavidez em 2013 pelo UFC 28 e foi derrotado. Por isso, tem uma cota de aposta maior, de R$ 2,45, contra R$ 1,57 do rival. Benavidez, atualmente, contabiliza 27 triunfos e 5 reveses.

Já o veterano paulista Demian Maia, de 41 anos, vai com tudo para cima do também americano Anthony Rocco Martin no peso-meio-médio. O brasileiro, diferentemente do compatriota citado no parágrafo acima, é apontado como favorito. Caso ele leve a melhor e vença a sua luta, o retorno será de R$ 1,54 para 1, indica o OddsShark. O seu ponto forte é a luta no chão. Em fevereiro deste ano, Demian finalizou Lyman Good com um estrangulamento ainda no primeiro round do UFC 144.

Confira as cotas e as lutas do UFC Minneapolis:

CARD PRINCIPAL

A partir das 22h, no horário de Brasília:

Francis Ngannou (R$ 1,38) x (R$ 3,00) Junior Cigano – Peso-pesado

Jussier Formiga (R$ 2,45) x (R$ 1,57) Joseph Benavidez – Peso-mosca

Demian Maia (R$ 1,54) x (R$ 2,50) Anthony Rocco Martin – Peso-meio-médio

Roosevelt Roberts (R$ 1,35) x (R$ 3,20) Vinc Pichel – Peso-meio-médio

Drew Dober (R$ 1,28) x (R$ 3,65) Marco Polo Reyes – Peso-meio-médio

Alonzo Menifield (R$ 1,31) x (R$ 3,45) Paul Craig – Peso-meio-pesado

CARD PRELIMINAR

A partir das 19h, no horário de Brasília:

Ricardo Carcacinha (R$ 1,32) x (R$ 3,35) Journey Newson – Peso-galo

Eryk Anders (R$ 1,28) x (R$ 3,65) Vinicius Mamute – Peso-galo

Jordan Griffin (R$ 1,28) x (R$ 3,70) Vince Murdock – Peso-pena

Jared Gordon (R$ 1,28) x (R$ 3,65) Dan Moret – Peso-pena

Dalcha Lungiambula (R$ 1,87) x (R$ 1,87) Justin Ledet – Peso-pena

Emily Whitmire (R$ 1,57) x (R$ 2,45) Amanda Ribas – Peso-palha

Maurice Greene (R$ 1,80) x (R$ 1,95) Junior Albini – Peso-pesado

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário