Patricío Pitbull defende cinturão e avança no GP de penas; Lyoto perde para Mousasi no Bellator 228

Campeão dos penas, Patrício dominou Juan Archuleta, venceu e segue no torneio; Em duelo muito equilibrado, Mousasi vence Lyoto Machida em decisão dividida

 

Pitbull vence no Bellator 228. (Foto:Reprodução/Facebook PatricioPitbull)

Os brasileiros tiveram sentimentos opostos no Bellator 228, evento realizado na noite deste sábado (28), em Inglewood (EUA). No segundo duelo mais aguardado da atração, Patrício Pitbull dominou Juan Archuleta, defendeu o cinturão dos penas (até 65,7 kg.) e avançou para as quartas de final do GP da categoria. Entretanto, na atração principal, Lyoto Machida travou uma revanche disputada, mas perdeu para Gegard Mousasi na decisão dividida dos juízes.

Veja Também

VÍDEO: Assista à vitória de Gegard Mousasi sobre Lyoto Machida no Bellator 228
VÍDEO: Assista à vitória de Patrício Pitbull x Juan Archuleta
Whindersson Nunes vence primeira luta no boxe amador
Vídeo: Assista o nocaute brutal de Jared Cannonier sobre Jack Hermansson no UFC Copenhague

Com o resultado, Lyoto, que vinha de dois triunfos desde que deixou o UFC e assinou com o Bellator, volta a ficar longe da chance pelo cinturão dos médios. Por outro lado, Mousasi, que havia perdido o título em sua última luta contra Rafael Lovato, garante a chance da revanche pelo reinado da categoria de até 83,9 kg.

Lyoto x Mousasi

Com dois lutadores especialistas no contragolpe, o combate começou bastante estudado com os atletas esperando o melhor momento para atacar. Lyoto tentou tomar a iniciativa com um chute na linha de cintura, mas o direto de encontro do rival desequilibrou o brasileiro. Mousasi ainda tentou ir pra cima, mas Machida se recuperou rápido.

No segundo assalto, o duelo continuou bastante estudado, mas Mousasi conseguia combinar boas sequências de socos. Apesar dos golpes não entrarem em cheio, ele somava pontos. Machida, por sua vez, conectava alguns diretos de encontro, mas todos os seus chutes eram respondidos com contragolpes rápidos.

Mousasi tentou controlar a luta no terceiro assalto, mas quase pagou um preço caro pela cautela. O iraniano radicado na Holanda até derrubou Lyoto nos instantes finais. Mas o brasileiro encaixou uma justa guilhotina e Gegard esteve perto de apagar, mas ele acabou salvo pelo gongo.

Mousasi (esq.) vence Lyoto (dir.) no Bellator 228. Foto: Reprodução / Twitter Bellator MMA

Patrício Pitbull x Juan Archuleta

O combate entre Patrício Pitbull e Juan Archuleta valia muito. Além da defesa de cinturão do brasileiro, o vencedor da disputa garantiria vaga nas quartas de final do GP de penas, onde o campeão levará, além do título da divisão, um prêmio de US$ 1 milhão, cerca de R$ 4,15 milhões na cotação atual. Com tudo isso em jogo, o brasileiro não deu a menor chance para o rival.

Patrício começou o duelo tomando o centro do cage, enquanto Archuleta girava em volta do brasileiro, mas não atacava. Na primeira investida do norte-americano, Pitbull  jogou o soco de encontro e fez o rival recuar, caindo sentado próximo a grade. O potiguar encaixou uma guilhotina, mas Juan escapou do estrangulamento.

A partir do segundo round, Archuleta tentou trabalhar em queda, mas Patrício era superior no jogo de clinch e invertia a pegada, pressionando o norte-americano contra as grades.

Patrício voltou a ficar perto da vitória no terceiro round. Ele combinou uma boa sequência em pé, que fez  Archuleta se curvar. O brasileiro chegou a abrir um corte no rival, que sangrou bastante. Pitbull ainda encaixou uma guilhotina nos instantes finais, mas o norte-americano foi salvo pelo gongo.

O combate não mudou muito nos dois rounds seguintes, sempre com domínio do Patrício Pitbull e pouca ameaça de Juan Archuleta.

Pitbull (esq.) acerta J. Archuleta (dir.). Foto: Twitter / bellatormma

GP dos penas e sorteio de confrontos

Além de Patrício Pitbull, o Bellator 228 garantiu outros três atletas nas quartas de final do GP de penas. A.J. McKee, que derrotou derrotou Georgi Karakhanyan em apenas oito segundos; Darrion Caldwell, que venceu Henry Corrales e Daniel Weichel, que passou por Saul Rogers. Eles se juntam a Adam Borics, Pedro Carvalho, Derek Campos e  Emmanuel Sanchez que haviam garantido vaga anteriormente.

Com isso, os atletas que avançaram foram chamados ao palco para um sorteio. Eles escolheram números de 1 até 7 (Patrício Pitbull não participou do sorteio), onde primeiro poderia escolher o adversário ou a data de sua luta (entre dezembro e março de 2020), assim por diante.

A.J. McKee, com o número 1, pediu para lutar em dezembro de 2019

Adam Borics, com o número 2, escolheu a luta em janeiro de 2020

Darrion Caldwell, com o numero 3, pediu a luta em março de 2020

Daniel Weichel, com o número 4, escolheu a luta em fevereiro.

Apesar de poderem escolher os adversários, nenhum dos quatro primeiros o fez, preferindo apenas selecionar o evento de seu combate.

Emmanuel Sanchez, com o número 5, desafiou Daniel Weichel

Derek Campos, com o número 6, desafiou o duro A.J. McKee

Pedro Carvalho, com o número 7, desafiou Darrion Caldwell

Com poder de campeão, Patrício Pitbull poderia mudar as lutas

Com isso, dava a entender que Patrício Pitbull teria pela frente Adam Borics, em janeiro. Entretanto, o brasileiro foi chamado ao palco e, como campeão da categoria, poderia mudar todas as lutas e escolher seu adversário. Em inglês, Pitbull perguntou: ‘Quem quer me enfrentar?’ Todos os atletas se candidataram.

O brasileiro disse que precisaria de um prazo para se recuperar e gostaria de lutar em março.  Patrício, que já havia se desentendido com Darrion Caldwell nos bastidores anunciou “Você (Caldwell) é um perdedor, eu luto com o português Pedro Carvalho”.

Como ficaram os confrontos do GP

A.J. McKee x Derek Campos (em dezembro de 2019)

Darrion Caldwell x Adam Borics (em janeiro de 2020)

Emmanuel Sanchez x Daniel Weichel (em fevereiro de 2020)

Patrício Pitbull x Pedro Carvalho (em março de 2020)

Resultados do Bellator 228

CARD PRINCIPAL

Gegard Mousasi derrotou Lyoto Machida na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Patrício Pitbull derrotou Juan Archuleta na decisão unânime dos juízes (49-46, 50-45, 49-46) – luta pelo cinturão dos penas e pela 1ª fase do GP da categoria

A.J. McKee derrotou Georgi Karakhanyan por nocaute a 8 seg. do R1 – luta pelo GP de penas do Bellator

Darrion Caldwell derrotou Henry Corrales na decisão unânime dos juízes (29-27, 30-27, 30-27) – luta pelo GP de penas do Bellator

Daniel Weichel derrotou Saul Rogers na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28) – luta pelo GP de penas do Bellator

CARD PRELIMINAR

AJ Agazarm derrotou Jonathan Quiroz na decisão unânime dos juízes (29-8, 29-28, 29-28).

Ava Knight derrotou Shannon Goughary por nocaute a 1m46s do R3

Antonio McKee derrotou William Sriyapal por nocaute técnico a 1m17s do R2

Johnny Cisneros derrotou Michael Jasper por nocaute técnico (lesão) a 4m28s do R2

Leandro Higo finalizou Shawn Bunch com uma guilhotina a 4m34s do R2.

Weber Almeida derrotou Castle Williams por nocaute técnico a 20seg. do R2

Joshua Jones finalizou Dominic Clark com uma guilhotina a 2m39s do R1.

James Barnes finalizou David Duran com um mata-leão a 1m51s do R2.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments