Faminto por revanche contra Rafael Lovato, Mousasi afirma: ‘Se eu perder, me aposento’

Ex-campeão dos médios afirma que vai vencer norte-americano em reencontro de combate de junho

G. Mousasi afirma que vencerá revanche contra R. Lovato. Foto: Reprodução/Instagram @mousasi

Ex-UFC e atual contratado do Bellator, Gegard Mousasi, ainda não engoliu a derrota sofrida por Rafael Lovato, que acabou lhe rendendo seu cinturão dos médios (até 83,9kg.) em junho deste ano. Mousasi, que venceu a reedição de um duelo contra Lyoto Machida neste final de semana, pelo Bellator 228, logo após o triunfo, pediu o desejado confronto contra Lovato e afirmou a certeza de vitória e recuperação do seu título.

Saiba mais

VÍDEO: Assista à primeira luta de Whindersson Nunes no Boxe
VÍDEO: Assista à vitória de Gegard Mousasi sobre Lyoto Machida no Bellator 228
VÍDEO: Assista à vitória de Patrício Pitbull x Juan Archuleta

“Na próxima luta, eu vou matá-lo. Eu juro por Deus. Se eu não o nocautear, não vou contar como uma vitória. Porque eu sei do sei o que sou capaz de fazer e ele vai morrer. Literalmente. Vocês vão ver. Vou nocautear. 100% de certeza, eu garanto”, disse Gegard.

Além de esbanjar confiança na vitória sobre o último algoz, o atleta fez questão de anular qualquer possibilidade de sair novamente derrotado pelo norte-americano. Mousasi, que após o revés teve encerrada uma sequência de oito vitórias consecutivas, prometeu pendurar as luvas caso ocorra um novo resultado negativo.

“Se eu perder, eu vou me aposentar. Eu prometo para vocês. Não estou brincando. Não estou tentando vender a luta. A próxima luta será espetacular, porque eu estar um cara espetacular”, comentou o lutador.

Caso o compromisso seja confirmado e Gegard tenha seus planos de reconquistar a cinta frustrados, Mousasi se cumprir a promessa de se retirar do esporte, estaria se afastando das lutas aos 34 anos.

Gegard estreou pelo Bellator após atuar pelo Ultimate por quatro anos. O atleta estreou pela antiga casa em abril de 2013 e se retirou da empresa em abril de 2017. A estreia pelo Bellator aconteceu em outubro de 2017. Pela nova organização, o Mousasi realizou cinco compromissos e saiu vencedor em quatro oportunidades.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário