Coker confirma Feijão contra Mousasi pelo título do Strikeforce

Rafael Feijão precisou de apenas 33 segundos para finalizar Mike Kyle, no último sábado (19), no Strikeforce, e vingar a derrota sofrida para o norte-americano em 2009. O triunfo deu ainda ao brasileiro a chance de lutar pelo título dos meio-pesados da organização, vago desde a saída de Dan Henderson para o UFC.

Logo após o combate, o presidente do Strikeforce, Scott Coker, confirmou que Feijão irá enfrentar o armênio Gegard Mousasi pelo título vago. Porém, Mousasi está em recuperação de uma cirurgia no joelho e não deve lutar antes de novembro de 2012.

“Acho que foi uma grande vitória de revanche. A disputa do cinturão será entre ele e Mousasi, mas ainda não sei precisar quando (a luta) acontecerá”, disse Coker.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário