Com filha desaparecida, Walt Harris se retira de luta no UFC Washington

Peso pesado, que vive drama pessoal, deixa o duelo contra Alistair Overeem, que aconteceria em 7 de dezembro

W. Harris procura filha desaparecida. Foto: Reprodução/Instagram @thebigticket205

O peso pesado (até 120,2kg.) Walt Harris está fora da luta principal do UFC Washington, que acontece em 7 de dezembro. O motivo, no entanto, é justificável. O atleta vive um drama pessoal ao tentar encontrar sua filha, Aniah Blanchard, que está desaparecida há mais de uma semana. A informação foi divulgada pelo ‘MMA Junkie’.

Veja Também

Vídeo: Assista à pesagem do UFC 244, com Masvidal, Diaz, Johnny Walker, Vicente Luque e Jennifer Maia. AO VIVO!
Johnny Walker é favorito contra Corey Anderson no UFC 244
Nate Diaz e Jorge Masvidal confirmam peso e garantem luta principal do UFC 244

Sem condições de se focar 100% para seu compromisso contra Overeem, o norte-americano optou por deixar o card de dezembro para se dedicar exclusivamente em encontrar a enteada.

Recentemente, o presidente do Ultimate, Dana White, contribuiu com US$30 mil (cerca de R$120 mil) para ajudar nas buscas por Aniah, de 19 anos. Em um vídeo divulgado em sua conta oficial do Twitter, o mandatário confirmou a ajuda de custo de US$25 mil para o governo do Alabama (EUA) e mais US$5 mil como recompensa para qualquer informação que possa levar à solução do caso.

O vídeo de White solicitando o apoio das pessoas para tentar encontrar a filha de Harris viralizou e, até este momento, já foi visto por mais de 200 mil pessoas.

Ao todo, mais de 60 agentes estão trabalhando no caso e buscam encontrar Blanchard, que foi vista pela última vez em 23 de outubro.

No confronto contra Alistair, Walt completaria sua 12ª apresentação pela empresa. O norte-americano vem em ótima fase na carreira com duas vitórias consecutivas e sem perder há quase dois anos.

Atualmente na décima posição no ranking dos pesados, Walt teria a chance de enfrentar um veterano no esporte, que ocupa o sexto lugar na categoria. Um triunfo colocaria o atleta próximo à linha de frente da divisão e o combatente poderia sonhar com uma futura disputa de título, que hoje pertence a Stipe Miocic.

Aos 36 anos, Harris, que não luta desde junho deste ano, tem 13 vitórias, sete derrotas e uma luta sem resultados na carreira como profissional.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments