Whittaker elogia atuação de Till e prevê encontro com inglês no futuro: ‘Vou enfrentá-lo’

Australiano vê estreia de atleta entre os médios como positiva e acredita em evolução do lutador a cada apresentação

R. Whittaker (foto) prevê duelo contra D. Till. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Embora o confronto entre Kelvin Gastelum e Darren Till, pelo UFC 244, não tenha enchido os olhos da diretoria e nem de alguns fãs do Ultimate, um personagem importante da divisão dos médios viu algo positivo. O ex-campeão, Robert Whittaker, elogiou a estreia do inglês, que migrou da categoria meio-média (77kg.) e conseguiu bater um dos atletas mais duros da divisão. Para Robert, um encontro entre ele e Darren será inevitável. A declaração foi feita ao ‘Grange TV’.

Saiba mais

Greg Hardy comenta sobre problema de asma: ‘Não deveria estar aqui, mas estou’
Jon Jones confirma interesse em enfrentar Dominick Reyes: ‘Vai ser o próximo a perder’
Priscila Pedrita é flagrada em antidoping e está fora do UFC São Paulo

“Ele se apresentou tão bem quanto nos meio-médios, provavelmente ainda melhor, porque não precisa mais passar por aqueles cortes de pesos severos. E lembre-se, essa é apenas a primeira luta dele pela categoria. Ele ainda vai se adaptar e melhorar. Ele deve permanecer nos médios e se tornar perigoso. E agora ele está no top 5, então, vou ter que enfrentá-lo”, disse o australiano.

Embora o combate entre Gastelum e Till não tenha entusiasmado muitos fãs de MMA, para Whittaker, o encontro entre dois grandes atletas do Ultimate supriu suas expectativas. O atleta, inclusive, fez questão de elogiar o desempenho dos dois combatentes, com ênfase em Darren.

“Foi um combate equilibrado, resolvido na decisão dividida dos juízes. Uma luta impressionante. Poderia até ter sido empate. Mas acho que (Darren) Till conseguiu vários golpes significativos. Conseguiu anular a trocação do (Kelvin) Gastelum com seus jabs. Foi lindo. O Till veio com uma boa estratégia e executou perfeitamente, porque Gastelum é um lutador subestimado e muito, muito perigoso”, disse o ex-campeão.

A vitória sobre o norte-americano fez com que Till tomasse a quinta posição no ranking da categoria, empurrando Kelvin para a sétima. Com isso, o inglês pode começar a sonhar com uma luta pelo título, caso continue vencendo atletas da elite da categoria.

Com apenas 26 anos, Darren já soma 20 apresentações em sua carreira profissional. O atleta saiu vitorioso e foi batido em apenas duas oportunidades, ambas em suas últimas apresentações. Uma delas aconteceu em setembro de 2018, quando o inglês disputou o título dos meio-médios contra o antigo campeão, Tyron Woodley.

Whittaker deve retornar à briga para tentar disputar novamente o cinturão da categoria, perdido para Israel Adesanya na luta principal do UFC 242, válida pela unificação do título da divisão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário