Greg Hardy manda recado após nova derrota pelo Ultimate: ‘Eu não vou parar!’

Ex-NFL e atual atleta de MMA comenta sobre revés sobre Volkov no UFC Moscou no último final de semana e promete volta por cima

G. Hardy posa com bandeira dos EUA. Foto: Reprodução/Instagram @greghardyjr

O ex-atleta da NFL (National Footbaal League) e atual atleta do Ultimate, Greg Hardy até cumpre os requisitos de peso pesado perigoso (até 120,2kg.): grande e fatal. No entanto, o atleta tem encontrado dificuldades para se firmar dentro da organização como um atleta promissor dentro da categoria. Depois de ter sua segunda derrota na empresa, quando aceitou encarar, de última hora, o russo Alexander Volkov, pelo UFC Moscou, o atleta emitiu uma nota afirmando sua vontade de evoluir no esporte. O registro foi feito em sua conta no Instagram.

“Seja profissional em tudo o que você faz. Bem-vindo ao UFC. É assim que fazemos as coisas. Eu vou melhorar. Não vou parar. Minha alma exige isso. O sacrifício começa agora. Não vou te dizer o quando eu quero, mas vou te mostrar. Por isso, mantenha a atenção. Monstros no trabalho”, escreveu o gigante.

Há de se afirmar que Hardy, em cinco atuações pelo Ultimate, saiu vencedor em apenas duas ocasiões. No entanto, sua primeira derrota aconteceu por desqualificação, quando o combatente desferiu uma joelhada ilegal em Allen Crowder logo em sua estreia pela empresa. Em outra oportunidade, no fim de outubro, Greg até foi declarado vencedor no duelo contra Ben Sosoli, mas, após as câmeras da imprensa flagrarem o lutador fazendo o uso de um inalador (bombinha de asma) no intervalo entre o segundo e o terceiro round, a luta teve seu resultado alterado para ‘no contest’.

Contra Volkov, o norte-americano havia aceitado o compromisso menos de uma semana após encarar Sosoli. O ex-jogador de futebol americano topou o desafio de substituir Júnior Cigano, que foi vítima de uma infecção bacteriana na perna direita, o que o impediu de realizar o confronto contra o dono da casa, na Rússia.

No duelo contra Alexander, Hardy enfrentou, pela primeira vez, um adversário da elite da categoria e acabou batido na decisão unânime dos juízes.

Contra o russo, Greg acabou batendo a marca de cinco apresentações em menos de um ano. O atleta, agora, deverá voltar aos treinamentos na ATT (American Top Team) e aguardar seu próximo compromisso pela empresa.

Recentemente, o gigante havia declarado o desejo de enfrentar grandes nomes da divisão e prometeu nocautear todos os rivais, como Derrick Lewis, Francis Ngannou e o atual campeão, Stipe Miocic.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments