Depois de sugerir aposentadoria, Nate Diaz volta atrás: ‘Quem disse que parei?’

Menos de uma semana depois de publicação enigmática em rede social, lutador afirma que não pretende pendurar as luvas

N. Diaz (foto) em luta pelo UFC. Foto: Reprodução/Facebook @NateDiaz

Nada mudou. Depois de retornar ao octógono após um hiato de três anos e realizar duas apresentações em 2019, Nate Diaz voltou a confundir seus fãs. Na última semana, o atleta sugeriu que abandonaria o esporte, decepcionando uma parcela de seus entusiastas, que imaginavam que o lutador retornaria a se apresentar com frequência após os compromissos recentes. No entanto, o jogo voltou a virar, quando, em entrevista recente à ‘ESPN’, o ‘bad boy’ afirmou que não estava aposentado.

Veja Também

Greg Hardy manda recado após nova derrota pelo Ultimate: ‘Eu não vou parar!’
Após bater Hardy, Volkov é desafiado por Ngannou: ‘Não fuja novamente!’
Brasileiro Daniel Gaúcho disputa cinturão inaugural do BRAVE CF na África do Sul

“Quem disse que eu parei? Eu luto hoje”, afirmou Nate.

Quando sugeriu que poderia desistir do esporte de vez, o atleta publicou, em tom enérgico, depois que o presidente do Ultimate, Dana White, descartou uma revanche imediata entre Nate e Jorge Masvidal. Os se enfrentaram recentemente em combate válido por um título simbólico criado exclusivamente para o UFC 244, ocorrido em 2 de novembro.

Em entrevista coletiva após o espetáculo do início do mês, o mandatário afirmou que um reencontro entre os protagonistas do evento não o interessava no momento. O fato irritou Nate, que afirmou, logo após, que uma revanche seria uma questão de justiça com ele, que já realizou combates empolgantes para a empresa, como os combates contra Conor McGregor em 2016.

Recentemente, Diaz havia comentado que, por estar financeiramente estável, não precisaria mais se apresentar, caso decidisse, de fato, pendurar as luvas. No entanto, o combatente afirmou seu amor pelo esporte e que gosta de se manter em treinamento.

Para a ‘ESPN’, Diaz confirmou que permanecerá atuando e que pode nunca se aposentar.

“Eu vou lutar para sempre. Eu nunca vou me aposentar, com certeza”, finalizou o lutador.

Contra Masvidal, Diaz completou sua 25ª apresentação pelo Ultiamate e a 32ª em sua carreira como profissional. O lutador, que estreou no esporte em outubro de 2004, hoje, soma 20 vitórias e 12 derrotas na trajetória dentro das artes marciais mistas.

Em sua última apresentação, o atleta teve o duelo interrompido após sofrer um corte profundo no supercílio e ser impedido de voltar do terceiro pelo quarto round por um dos médicos da empresa. O UFC 244 marcou a maior audiência do Ultimate em 2019.

 

 

 

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments