Treinador de Adesanya descarta Jones e mira confronto entre nigeriano e Stipe Miocic para 2021

Eugene Bareman, um dos responsáveis por preparar o campeão dos médios para suas lutas, afirma que Israel não teria problemas em atuar entre os pesados

I. Adesanya se mantém invicto após 1 duelos na carreira. Foto: Reprodução/Instagram @stylebender

Embora Israel Adesanya e Jon Jones estejam constantemente trocando farpas em suas redes sociais e sugerindo um confronto entre eles, o combate parece não agradar o técnico do nigeriano, Eugene Bareman. Para o treinador, um confronto contra o atual campeão dos pesados (até 120,2kg.), Stipe Miocic, seria melhor para a carreira de Israel, que carrega uma invencibilidade de 18 lutas como profissional no MMA. Bareman falou sobre o assunto em entrevista ao ‘Submission Radio’.

Veja Também

Corey Anderson se manifesta após revés para Blachowicz: ‘Uma derrota nunca me parou’
Após assistir a vitória de Blachowicz, Jones sinaliza luta por título contra polonês: ‘Mereceu’
VÍDEO: Assista o nocaute de Jan Blachowicz sobre Corey Anderson no UFC Rio Rancho

“(O próximo passo) para ele – e nós fizemos isso em todos os esportes que participamos – é subir de categoria. E, acredite em mim, se ele fizer mais três ou quatro lutas entre os médios, nós vamos promover uma luta contra Stipe (Miocic). 100%”, afirmou Eugene.

O técnico, no entanto, fez questão de esclarecer que seu pupilo não terá a aparência de um peso pesado natural. O biotipo do nigeriano não permitiria que o combatente elevasse tanto sua massa muscular e atuasse em alto nível, como vem se apresentando em seus últimos compromissos.

“Ele não vai pesar como um pesado. Essa não seria nossa vantagem. Ele nunca pesaria como um peso pesado pesa. Nós lutaríamos com o nosso peso, que não se altera tanto quando ele atua nos médios (até 83,9kg.).

Bareman também comentou sobre o desejo de Adesanya em encarar Jones em uma superluta almejada para 2021. No entanto, o treinador tratou de minimizar a chance de o confronto ocorrer. Para o técnico, um combate contra Miocic faz mais sentido e Israel precisaria o convencer para que o duelo contra ‘Bones’ acontecesse.

“Eu tomo as decisões das lutas dele (Adesanya). Então, quando chegar 2021, ele terá que me convencer do porquê de enfrentar Jon Jones. Se eu sentir que não precisamos, então, não irá acontecer. A decisão não é de Israel”, finalizou Eugene.

Enquanto 2021 não chega, Adesanya se prepara para tentar continuar sua trajetória como campeão dos médios. O atleta tem combate marcado contra Yoel Romero para o UFC 248, em 7 de março. Na ocasião, o nigeriano realizará sua primeira defesa de título desde que se sagrou dono da cinta, em outubro do ano passado.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Ze Duardo cantaaa
9 meses atrás

Israel coitado fala muito e não deve defender nem do cubano. É outro que vai ficar pianinho e baixar a moral querendo se fazer em cima do nome do Jones que não precisa provar mais nada pra ninguém. Ja o nigeriano que grandes lutas fez ate hj. So adversarios medianos excessao de Anderson quase aposentado e whitaker meia boca para o congronto. Baixa a bola bai ter de comer no prato da humildade. Eu numa briga de rua p quebrava todo .