Adversário de Deiveson Figueiredo pelo cinturão, Benavidez exalta brasileiro: ‘Sempre o observei’

Norte-americano assume tom pacífico e respeitoso ao tratar do rival deste sábado, contra quem disputa o cinturão dos moscas, no UFC Norfolk

J. Benavidez (foto) mostra respeito a D. Figueiredo antes do UFC Norfolk. Foto: Reprodução/Instagram @joejitsu

Restam pouco mais de 24 horas para que o mundo conheça o novo campeão dos moscas (até 56,7kg.) do Ultimate. Na luta principal do UFC Norfolk, que acontece neste sábado (29), Joseph Benavidez e Deiveson Figueiredo trocarão forças para determinarem quem vai ocupar o posto de número um da categoria. Em entrevista ao ‘Combate’, o norte-americano falou sobre a expectativa para o confronto e pregou respeito ao paraense.

Veja Também

Como assistir o UFC Norfolk, com Deiveson Figueiredo lutando pelo cinturão, AO VIVO pela televisão e internet
Ultimate anuncia contratação de primo invicto de Khabib Nurmagomedov
Sem o peso da estreia, Gabriel Silva busca a primeira vitória pelo Ultimate neste sábado

“Essa luta iria acontecer em algum momento. E, sinceramente, sempre olhei para ele, porque sempre tenho meus olhos abertos para a categoria peso mosca, e não apenas para os concorrentes. Quando o vi pela primeira vez, falei: ‘Esse é um lutador empolgante’. Figueiredo é agressivo, e sabe o que as pessoas vão gostar”, afirmou o norte-americano.

Joseph aproveitou para valorizar a categoria dos moscas, que correu riscos de ser extinta nos últimos anos em função da falta de um grande representante. No entanto, desde que Henry Cejudo conquistou o cinturão ao bater Demetrious Johnson, em 2018, a categoria ganhou um fôlego e mostrou que ainda tem condições de promover entretenimento aos fãs.

Benavidez, que tenta ocupar o cargo deixado por Cejudo (optou por permanecer na categoria dos galos, onde é o campeão), então, falou com carinho sobre o grupo que representa.

“Sou fã da divisão (dos moscas). Quero que todos desse peso tenham sucesso. Quando vejo um mosca no card, quero que ele receba o bônus, quero que ele tenha um desempenho empolgante, quero que as pessoas falem sobre isso”, afirmou Joseph.

Aos 35 anos, esta será a terceira vez que o norte-americano tenta conquistar o cinturão da divisão. O atleta teve seus planos frustrados em duas ocasiões, ambas em reveses para Demetrious Johnson (2012 e 2013).

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments