Tito Ortiz será membro do Hall da Fama do UFC

Tito Ortiz será o nono membro do Hall da Fama do UFC

O UFC confirmou que Tito Ortiz – o campeão que reinou por mais tempo entre os meio-pesados do UFC – será o nono integrante do Hall da Fama da organização.

Tito receberá a homenagem dia 7 de julho, durante a Fan Expo que antecede o UFC 148, em Las Vegas. Na mesma noite, ele enfrenta Forrest Griffin, duelo que marca o encerramento de sua carreira de lutador profissional.

CELULARReceba as notícias e fotos do UFC em seu telefone

Tito será o primeiro lutador integrado ao panteão de imortais do octógono desde 2010. Ele se junta a nomes como Matt Hughes, Mark Coleman, Royce Gracie, Ken Shamrock e Dan Severn, Chuck Liddell e Randy Couture, além de Charles “Mask” Lewis”, empresário e fundador da Tapout – fightwear que por muitos anos apoiou o UFC.

“É uma grande honra ser reconhecido como um dos maiores lutadores de todos os tempos pelo UFC”, comemora Tito. “Ser integrado ao Hall da Fama é a prova final de que todo o trabalho duro e a dedicação, toda a dor e os sacrifícios, tudo valeu a pena. Poder entrar no octógono pela última vez como um membro oficial do Hall da Fama será maravilhoso. Sou muito grato pela oportunidade de encerrar minha carreira de uma maneira tão positiva.”

MAISEscute a entrevista de Anderson Silva que promete quebrar Sonnen

“Quero agradecer a minha família por todo seu amor e apoio e aos meus fãs por terem ficado ao meu lado nos tempos difíceis, quando ser um fã de Tito Ortiz não era a coisa mais legal do mundo”, continuou. “Finalmente, quero agradecer a Lorenzo Fertitta e Dana White por terem me dado tantas oportunidades, e por terem assegurado o futuro do esporte que eu amo e a qual dediquei minha vida.”

Uma presença agressiva e polarizadora com cabelos descoloridos e quedas devastadoras, Ortiz estreou na organização em 30 de maio de 1997, no UFC 13. Ele destruiu seu rival, Wes Albritton, em 31 segundos e, três anos depois, havia conquistado o título de meio-pesado ao derrotar o futuramente lendário Wanderlei Silva. O “Bad Boy de Huntington Beach” ainda reinaria por um período recorde de três anos e meio, protagonizando algumas das maiores lutas de sua era.

LEIAWand esquece revanche contra Belfort e pede luta contra Sonnen

“Todos conhecem minha história com o Tito e tudo que aconteceu entre nós. Muitas dessas coisas não foram divertidas na hora em que ocorreram, mas toda aquela controvérsia e loucura agora são parte da história do UFC, e não há dúvidas de que, em seu auge, ele foi uma estrela e um dos grandes de sua época”, declarou o presidente do UFC Dana White.

“Você não pode escrever a história desta era do MMA sem Tito Ortiz, e é por isso que o lugar dele é no Hall da Fama. Ele está no UFC há 15 anos – e continuar por tanto tempo é uma conquista por si só – e agora tem mais 15 minutos, no UFC 148. Acreditem, eu sei o quão orgulhoso e teimoso esse cara é, e eu acredito que ele vai usar tudo que ainda tem como lutador para sair vitorioso do UFC 148”, completou o presidente.

“Tito é parte do tecido de nosso esporte e da história de nossa organização. Ele dedicou sua vida ao MMA e nos trouxe alguns momentos memoráveis, tanto como lutador quanto como personalidade fora do octógono. Ele era personagem certo do Hall da Fama em algum momento, e fico feliz que possamos fazer isso acontecer agora, para que ele possa entrar no octógono pela última vez como um membro do Hall da Fama. Acho que será um adeus emocionante para Tito e um momento final especial para os fãs”, declarou o CEO Lorenzo Fertitta.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments