Batalha entre Weili Zhang e Joanna Jędrzejczyk fatura prêmio de ‘Luta da Noite’ no UFC 248

‘Guerra’ na disputa do título das palhas rende às atletas US$50 mil; Sean O’Malley e Beneil Dariush levam bônus de ‘Performance’

W. Zhang (esq.) e J. Jędrzejczyk (dir.) aceitam trocação franca no UFC 248. Foto: Reprodução/Twitter @UFCBrasil

Nada mais justo. A batalha entre Weili Zhang e Joanna Jędrzejczyk na luta co-principal do UFC 248, que aconteceu neste sábado (7), em Las Vegas (EUA) faturou o prêmio de ‘Luta da noite’. No confronto válido pelo título das palhas (até 52,1kg.), as combatentes empolgaram o público e faturaram o valor de US$50 mil (cerca de R$231,5 mil) após o espetáculo. O bônus de ‘Performance’ foi dado a Sean O’Malley e Beneil Dariush, que venceram com propriedade seus oponentes. A divulgação foi feita por Dana White em coletiva após o evento.

Veja Também

IMAGEM FORTE! Rodolfo Vieira fica com olho totalmente fechado após luta no UFC 248
VÍDEO: Assista a guerra entre Weili Zhang x Joanna Jedrzejczyk no UFC 248
VÍDEO: Assista a vitória de Israel Adesanya sobre Yoel Romero no UFC 248

No encontro que marcou a luta co-principal da noite, Zhang e Jędrzejczyk excluíram definitivamente o termo ‘sexo frágil’ do cotidiano dos fãs de MMA. As combatentes promoveram um verdadeiro show de agressividade durante cinco rounds e deixaram o octógono com os rostos bastante machucados. Ao fim do confronto, Weili foi declarada a vencedora na decisão dividida e manteve o posto de campeã.

De volta ao MMA após cumprir suspensão por doping, Sean O’Malley não decepcionou o público em seu retorno ao esporte. Considerado uma das grandes promessas da divisão dos galos (até 61,2kg.), o norte-americano pareceu não sentir a falta de ritmo e precisou de menos de três minutos para derrotar José Quiñonez com um nocaute fulminante. Como reconhecimento, o atleta leva para casa US$50 mil.

Beneil Dariush foi outro lutador que se destacou no evento deste final de semana. Em disputa contra o perigoso Drakkar Klose, o atleta mostrou grande resistência e coragem ao aceitar o combate franco contra o norte-americano. Após quase conseguir uma finalização no primeiro assalto, o atleta voltou determinado a não deixar o duelo ser decidido nas mãos dos juízes, e, após uma troca de golpes empolgante com o rival, conseguiu um nocaute impressionante com um cruzado no queixo que apagou o adversário imediatamente. O atleta também leva para casa a bagatela de US$50 mil.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments