Jon Jones faz acordo com Justiça e é condenado a um ano de liberdade condicional

Lutador, que poderia ser sentenciado a prisão, se declarou culpado e fez um acordo com Justiça

J. Jones volta a ser preso nos Estados Unidos. Foto: Divulgação

Saiu barato para Jon Jones! O campeão meio-pesado do UFC, que foi preso na última quinta-feira (26) por dirigir embriago e uso negligente de arma de fogo, se declarou culpado diante do juiz. Como pena, o lutador foi sentenciado a um ano de liberdade condicional supervisionada. A informação foi divulgada pelo site de fofocas TMZ.

Veja Também

Ex-UFC que trabalha como enfermeiro revela ‘batalha horrível’ contra o coronavírus nos EUA
Patrício Pitbull relembra as lutas mais emblemáticas de sua trajetória no Bellator

Jones, que era reincidente por ter atropelado uma grávida sob uso de entorpecentes, em 2015, poderia ser condenado a reclusão em regime fechado. Porém, o acordo o deixou em liberdade condicional sob algumas condições.

Jones terá de cumprir 96 horas de prisão domiciliar e usar uma tornozeleira, para que as autoridades controlem se ele deixou a casa sem permissão.

Além disso, o lutador terá que prestar e 48 horas de serviço comunitário e instalar um aparelho em todos os seus veículos que o obriga a passar por um teste de bafômetro para ligar o carro.

VÍDEO MOSTRA PRISÃO DE JON JONES NOS EUA

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments