Atleta do Bellator é morto a tiros nos Estados Unidos

Aos 30 anos, Isaiah Chapman foi assassinado na última terça-feira (7), em Akron, Ohio

I. Chapman foi assassinado a tiros nos EUA. Foto: Reprodução/Instagram @bellator

Drama no MMA. Representante do Bellator, o lutador Isaiah Chapman foi assassinado a tiros na última terça-feira (7), na cidade de Akron, em Ohio, nos Estados Unidos. A informação foi divulgada nas redes sociais da organização.

“O Bellator lamenta a notícia da morte de Isaiah Chapman. Nossas mais sinceras condolências à sua família e amigos durante este momento de dificuldade”, escreveram os administradores da empresa.

Segundo o ‘MMA Junkie’, os policiais locais atenderam a um chamado noturno que denunciava disparos de arma de fogo. Ao chegarem no local, os oficiais encontraram Isaia baleado. O atleta foi levado ao hospital, mas teve a morte declarada em seguida. Os motivos do crime estão sendo investigados.

Aos 30 anos, Chapman tinha 13 lutas como profissional nas artes marciais mistas. O lutador, que havia atuado em organizações como o WSOF (World Series of Fighting), Honor FC, NAAFS (North American Allied Fight Series), estreou no Bellator em outubro do ano passado.

Em seu debute pela nova organização, o atleta, que vinha de três vitórias consecutivas, acabou derrotado por Patrick Mix, em uma das lutas do Bellator 232.

Em seu cartel profissional, Isaiah somava nove vitórias e quatro reveses.

Chapman deixa três filhos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments