Patricio Pitbull critica UFC por tentar retomar atividades durante pandemia: ‘Desumano’

Campeão do Bellator, brasileiro afirma que organização desrespeita atletas, quando os submetem a lutas em um momento de crise mundial de saúde

P. Pitbull criticou UFC por tentar retomar as atividades durante a pandemia. Foto: Reprodução/Facebook Bellator

Campeão em duas divisões do Bellator (penas e leves), Patricio Pitbull não se esquivou e atacou o UFC por tentar retomar seus espetáculos mesmo em um momento de crise mundial de saúde. O brasileiro criticou a organização afirmando que a empresa não se preocupa com seus atletas, dando maior importância ao lucro conquistados por seus shows.

“Minha impressão é que os lutadores vêm por último, certo? O cumprimento dos contratos vem primeiro, ganhar dinheiro e que se dane o resto. Traga entretenimento para quem está em casa e que se fo** os lutadores, se eles vão contrair o vírus ou morrer. Parece desumano”, afirmou Patricio em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

O atleta, então, aproveitou para elogiar a organização para a qual trabalha: o Bellator. Segundo Pitbull, a diretoria da companhia vem trabalhando de modo responsável e respeitando seus atletas. Para o brasileiro, esta seria a atitude tomada, caso presidisse uma empresa deste porte.

“Eu faria o que o Bellator está fazendo. Esperar o mercado reagir e, quando o governo abrir tudo, você pode trazer lutadores de outro continente. Se essa possibilidade for real, então vamos fazer um evento. Não tem debate. O UFC está apenas fazendo barulho para a mídia, gerando bagunça e ganhando dinheiro”, disparou.

Considerado um dos principais nomes do Bellator, Patricio estreou na organização em abril de 2010. Desde então, foram 22 apresentações, com 18 vitórias e quatro derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments