Justin Gaethje minimiza valor do cinturão interino: ‘Se vencer, não serei o melhor’

Norte-americano exalta Khabib Nurmagomedov e afirma que só vai se dar por satisfeito caso vença campeão linear da divisão

J, Gaethje em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Quarto no ranking dos leves (até 70,3kg.), Justin Gaethje está próximo de realizar o desafio mais importante de sua carreira, até o momento. No entanto, se engana quem pensa que a luta contra Tony Ferguson, provavelmente em 9 de maio, pelo título interino da categoria, é o ponto alto da carreira do norte-americano. Em entrevista à ‘ESPN’, o atleta falou que seu próximo compromisso é apenas um passo para seu verdadeiro desejo: encarar o campeão linear.

Veja Também

Felicia Spencer revela frustração após Amanda Nunes deixar card de 9 de maio: ‘Desapontada’
Luke Rockhold afirma que pode voltar a lutar e cita lenda brasileira como possível adversário
Jon Jones desafia Jan Blachowicz, que responde: ‘Mal posso esperar para te socar’

“Quando colocarem o cinturão na minha cintura, isso não será o destino final. Vai ser um mapa para o topo. Isso é o que eu estou buscando. Vai ser ótimo ter um cinturão, mas, para mim, não é a mesma coisa. Não significa que sou um campeão mundial do UFC”, afirmou Justin.

A fala de Gaethje é cercada por uma lógica simples. Não é de hoje que o combatente fala sobre sua vontade de se testar contra Khabib Nurmagomedov, o dono do título linear dos leves. Segundo o atleta, o russo é o adversário a ser batido na divisão, e não Ferguson.

“Quando eu derrotar Tony, vou enfrentar Khabib em seguida. É para isso que estou aqui, para ser o melhor do mundo. Quando eu enfrentá-lo, vou tentar e me matar, porque não vou respeitá-lo se ele não fizer o mesmo”, contou.

Tony e Justin deveriam ter se enfrentado em 18 de abril, pelo UFC 249, no entanto, o card acabou adiado em função da pandemia do coronavírus. O Ultimate não confirma a nova data, mas corre nos bastidores do MMA a informação de que os combatentes protagonizarão um espetáculo em 9 de maio, sem local confirmado. O mais provável é que a Flórida seja o palco do show.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments