Chris Weidman crítica empresários de Anderson Silva

O norte-americano Chris Weidman, cotado como próximo desfiante ao cinturão de Anderson Silva, não poupou críticas aos empresários do lutador brasileiro. Em entrevista ao site MMA Weekly, Weidman reclamou da forma com que Ed Soares e Jorge Guimarães, o Joinha, tratam a carreira e os adversários do Spider.

Chris Weidman (foto) reclama das atitudes dos empresários do Anderson Silva

BLOG DA REDAÇÃOO futuro da divisão de médios do UFC

“Os empresários não têm o direito de diminuir atletas profissionais. Ele nos chamou de amadores, atletas do Top 10. Ele quer desviar a atenção do fato de que eu sou o próximo desafiante”, disparou Weidman.

Com um cartel de nove vitórias e nenhuma derrota, Chris vem de uma expressiva vitória sobre Mark Muñoz e deve ser o próximo adversário de Anderson, mas os empresários cogitam um possível desafio contra Georges St. Pierre, campeão da divisão de meio-médios.

“Eles ficam falando sobre nomes de outros caras para que as pessoas comecem a vê-los como possibilidades, mas eles estão ‘escolhendo’ caras como GSP e Nick Diaz para desafiar, e eles são ambos meio-médios”, completou Weidman, que não deixou de provocar Anderson sobre adversários de categoria menores e não mais pesados.

“O cara é campeão dos médios e deveria lutar com os adversários de sua categoria. Eles querem lutadores mais leves do que o Anderson. Por que não chamar o Jon Jones então, já que é para pegar outra faixa de peso? Muita gente adoraria assistir a esta luta, assim como eu também gostaria. Se não vai lutar contra ele, lute comigo. Estou pronto para isso”, encerrou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário