Fã declarado de FIFA, José Aldo troca octógono pelo videogame para representar o Brasil em clássico contra a Argentina

“Jogando em Casa” vai destinar fundos ao projeto Mães da Favela, que foca no auxílio às pessoas afetadas pelos impactos causados pela pandemia da covid-19

José Aldo se arrisca no FIFA. Foto: Divulgação

O lutador José Aldo promete dar o sangue para defender o Brasil diante da Argentina, mas, desta vez, a batalha não será no octógono. Neste domingo (31), o ex-campeão do UFC trocará as luvas de luta pelo controle de um videogame, numa disputa de FIFA, que reunirá times de atletas e celebridades no projeto “Jogando em Casa”, evento que arrecadará fundos em prol do combate ao coronavírus através da ação Mães da Favela, mantido pela CUFA (Central Única das Favelas). A bola rola no tradicional horário do futebol brasileiro, a partir das 16h (de Brasília).

Veja Também

Próximo do cinturão, Durinho não descarta enfrentar outros adversários e crava: ‘Estou pronto para julho’
VÍDEO: Veja a finalização de Mackenzie Dern sobre Hannah Cifers
Após grandes atuações, Gilbert Durinho e Mackenzie Dern recebem bônus de ‘Performance da Noite’

“Não gosto de perder nem no videogame. Pra quem acha que mão de lutador só serve pra bater, vai lá conferir que o clássico pegará fogo”, brincou José Aldo. “Deixando a brincadeira de lado, fico feliz por poder ajudar o pessoal da CUFA e a galera da comunidade, que já sofre no dia a dia e tem sentido ainda mais os efeitos dessa pandemia”, continuou o lutador, que disputará o cinturão da divisão peso-galo contra o russo Petr Yan, ainda sem data definida.

Organizado pela KOEL (Kick-off Electronic League), maior Liga Independente de Futebol Virtual do mundo, o projeto ”Jogando em Casa” terá transmissão do DAZN e do canal da KOEL no Twich. Brasil e Argentina tiveram times convocados pelos embaixadores Zé Roberto e D’Alessandro.

Serão 11 convidados jogando simultaneamente de cada lado, com muita descontração, mas sem esquecer a rivalidade histórica no esporte mantida entre os dois países. O confronto será um duelo de ida e volta no modo Fifa Pro Clubs, onde cada atleta comandará o seu próprio jogador no game de futebol mais popular do mundo.

Além de José Aldo, outros nomes confirmados são: Matheus Henrique, do Grêmio, Victor Cuesta e Sarrafiore, do Internacional, Olivinha, jogador de basquete do Flamengo, e do ex-participante do Big Brother Brasil, Felipe Prior, além de atletas profissionais de eSports, como Wendell Lira. O show do intervalo fia por conta da banda Atitude 67.

“Jogando em Casa será uma baita festa. A gente brinca com a rivalidade e é claro que eu quero ganhar, mas o mais importante é levar um pouco de entretenimento pra quem está em casa e ajudar o pessoal da favela. Podem assistir porque será divertido. Vocês verão um José Aldo diferente, mas sempre muito competitivo”, concluiu a lenda do UFC.

Valores arrecadados com patrocínios e doações no jogando em casa serão destinados ao projeto Mães da Favela, mantido pela CUFA. Durante a pandemia do Coronavírus, o Mães da Favela já impactou 2,5 milhões de pessoas, em 5 mil favelas do Brasil, que, por meio das doações, tiveram acesso a 8 mil toneladas de alimentos, em valores que passam dos 81 milhões de reais.

“É muito importante contar com a confiança de grandes atletas como Zé Roberto e D’Alessandro. É o reconhecimento do trabalho incessante para diminuir as dificuldades do povo de favela e periferia, nessa crise global”, disse Welington Galdino, diretor social da CUFA.

Jogando em Casa

Data
Domingo, 31 de maio

Hora
16h (de Brasília)

Onde assistir?
Canal da KOEL no Twich: https://www.twitch.tv/koel

Como vai funcionar?
Os embaixadores Zé Roberto e Andrés D’Alessandro convidaram 11 amigos (cada um) para confrontos de ida e volta no superclássico virtual, entre Brasil e Argentina. As partidas serão disputadas no modo de jogo FIFA Pro Clubs, onde cada atleta comanda apenas o seu respectivo jogador.

Qual a duração e as outras atrações do evento?
Durante aproximadamente quatro horas de live, além dos dois jogos entre os times, haverá uma série de outras novidades, incluindo entrevistas, vídeos dos bastidores da produção e convidados surpresas. Um pocket show da banda Atitude 67 será a grande atração do show do intervalo.

Participantes confirmados
Embaixadores: Zé Roberto (Brasil) e Andrés D’Alessandro (Argentina)

Convidados: Matheus Henrique, Victor Cuesta, Sarrafiore, José Aldo, Olivinha, Wendell Lira, Felipe Prior, Pedro Resende, Vini Leiva, Rafifa, Lucas Cordeiro, SpiderKong, Santino e Patanrex.

Convidado especial: Rudy Landucci

Influenciadores: Muuh Pro, Fred Vasquez e Fifa Lize (treinador da seleção brasileira)

Banda: Atitude 67

Talentos DAZN: Dudu Monsanto, Rafael Oliveira e Helena Calil

Talentos KOEL: Rodrigol, One Jorge, Igor Rezende e Rafa Souto

Objetivo da transmissão
Mobilizar os fãs do futebol real e virtual a ajudarem as comunidades mais carentes do Brasil no combate ao coronavírus.

Destino das doações
Os valores arrecadados com patrocínios e doações serão destinados ao projeto Mães da Favela, mantido pela CUFA (Central Única das Favelas).

Durante a pandemia do Coronavírus, o Mães da Favela já impactou 2,5 milhões de pessoas, em 5 mil favelas do Brasil, que, por meio das doações, tiveram acesso a 8 mil toneladas de alimentos, em valores que passam dos 81 milhões de reais.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments