Henry Cejudo pressiona Dana White por disputa de terceiro cinturão: ‘Me deixe fazer história’

Ex-campeão dos moscas e galos vem insistindo em uma luta contra Alexander Volkanovski pelo cinturão dos penas

H. Cejudo (esq.) volta a insistir em luta contra A. Volkanovski (dir.). Foto: Reprodução/Instagram

Aposentado desde maio, Henry Cejudo não desiste de tentar conseguir um feito inédito no UFC. Ex-campeão dos moscas (até 56,7kg.) e galos (até 61,2kg.), o norte-americano vem pressionado a organização para disputar o cinturão dos penas (até 65,7kg.) contra Alexander Volkanovski. Desta vez, o atleta fez uma publicação direcionada ao presidente da empresa, Dana White.

Veja Também

SUPER LUTAS lança Podcast e debate cinturão de Deiveson Figueiredo no UFC; Escute!
Mike Tyson volta aos ringues em luta contra Roy Jones Jr, em setembro
Treinador com tatuagem nazista causa polêmica ao aparecer em transmissão do UFC

“Me permita fazer história, Dana White. Prometo deixar a divisão dos penas gigante”, escreveu o ‘Triplo C’ no ‘Twitter’.

Dana ‘chefão’ do Ultimate não foi o único a não sair ileso das investidas de Henry. O ex-campeão também cutucou o dono do cinturão dos penas, Alexander Volkanovski, que recentemente defendeu seu título pela primeira vez ao bater Max Holloway em revanche realizada no UFC 251.

“Essa é a única luta que importa para o meu legado e me cimentaria como o melhor de todos os tempos no esporte. Quem gostaria de me ver fazendo Alexander Volkanovski dobrar o joelho?”, publicou o norte-americano em sua conta no ‘Instagram’.

Mesmo sendo provocado por Henry nos últimos meses, Volkanovski parece não se empolgar com a proposta do ‘Triplo C’. Campeão desde dezembro do ano passado, o australiano sempre faz questão de afirmar que seus desafios serão voltados apenas para os combatentes mais bem ranqueados de sua divisão.

Alexander, no entanto, já afirmou que, caso o UFC queira promover a superluta, o contrato seria condicionado a uma quantia considerável de dinheiro.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments