Dana White diz que Lyoto perdeu posto de próximo desafiante ao cinturão dos meio-pesados

Lyoto (dir.) não será o próximo desafiante ao cinturão dos meio-pesados

A recusa de Lyoto Machida em enfrentar Jon Jones no UFC 152 custou caro ao brasileiro. O presidente da organização, Dana White, revelou, em entrevista ao UFC Tonight, que o atleta tupiniquim perdeu o posto de primeiro desafiante ao cinturão da categoria de meio-pesados. Segundo o dirigente, o brasileiro terá que fazer uma luta antes de voltar a ter a chance de disputar o titulo.

“Lyoto Machida não é mais o próximo na linha pelo título. Ele terá outra luta antes disso. Não consegui falar com ele porque ele estava numa maldita floresta em algum lugar”, disse White.

Machida havia conquistado o posto de desafiante ao cinturão dos meio-pesados ao nocautear Ryan Bader no UFC on FOX 4. O brasileiro aguardava a definição do duelo entre o campeão Jon Jones e o desafiante Dan Henderson no UFC 151. Mas como Hendo sofreu uma lesão no joelho, Lyoto foi convocado para encarar Jones no UFC 152, dia 22 de setembro, mas alegando falta de tempo para a preparação, ele foi substituído pelo compatriota Vitor Belfort.

“Lyoto estava chorando por uma chance ao título há muito tempo. Você sabe como as coisas funcionam. Quando você nega uma oportunidade de lutar, as coisas andam em outra direção”, completou o cartola.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário