Tim Boetsch diz Anderson Silva está fugindo de adversários pelo cinturão

Lutador americano ainda diz que luta de Spider contra Bonnar é "ridícula"

Boetsch (foto) diz que Anderson está fugindo de defender seu cinturão

A luta entre Anderson Silva e Stephan Bonnar na categoria de meio-pesados foi promovida as pressas para substituir o duelo entre José Aldo e Frankie Edgar ser a atração principal do UFC Rio 3, evento que acontece dia 13 de outubro, na capital fluminense. Mas para o norte-americano Tim Boetsch, cotado como um dos principais postulantes ao cinturão de pesos médios do brasileiro, Anderson está fugindo de um confronto direto com seus adversários pelo título e afirmou não entender o duelo contra Bonnar.

“Eu acho que é uma piada (a luta de Anderson contra Bonnar). Silva falou sobre as vendas de pay-per-view, que Weidman não era um nome grande o suficiente, não era útil para ele. Eu acho que foi uma desculpa ruim para ele não defender seu cinturão. Honestamente, para mim, o Anderson sabe que há alguns caras subindo ao topo – Chris Weidman e eu mais cedo ou mais tarde vamos ter que colocá-lo na linha. Aceitar a luta com Stephan Bonnar e não com Chris Weidman é ridículo”, disse, ao site The Score.

Apesar da reclamação, Boetsch deverá disputar a chance de lutar pelo cinturão em sua próxima luta. Ele enfrenta Chris Weidman no UFC 155, evento que acontece dia 29 de dezembro, em Las Vegas.  O vencedor deverá ser o próximo adversário de Anderson pelo cinturão dos pesos médios do UFC.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments