Reserva imediato no UFC 254, Chandler analisa luta entre Nurmagomedov e Gaethje, válida pelo cinturão do peso leve

Ex-campeão do peso leve do Bellator acredita que o desafiante oferece riscos, mas acredita que, no final, o campeão defenderá o cinturão

M. Chandler (centro) analisa combate entre K. Nurmagomedov e J. Gaethje. Foto: Reprodução/Instagram

Apesar do UFC 253 acontecer neste sábado (26), na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, os olhos dos fãs e da imprensa começam a se voltar para o UFC 254. A luta que vale o cinturão do peso leve (70,3kg) entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje é tão grande, que obrigou a organização a tirar Michael Chandler do Bellator para se tornar o reserva imediato do combate.

À ESPN americana, o recém-contratado analisou o grande embate entre os campeões linear e interino e, por mais que acredite que Gaethje possa ser uma ameaça, não acredita que Nurmagomedov será derrotado pela primeira vez na carreira.

“Temos que levar em consideração que Gaethje é um wrestler da primeira divisão e ainda não vimos isso no octógono. Ele tem instinto de luta, uma grande capacidade atlética e ótimos quadris. Acho que ele é a maior ameaça que Khabib enfrentou até agora. Mesmo assim, só um louco aposta contra Khabib. Tem que ser louco pra apostar que ele não é capaz de derrubar Gaethje e que Gaethje poderá atacar Khabib, quando quiser, como fez contra Ferguson. O motivo de gostarmos da luta que Gaethje fez contra Ferguson é porque este é um alvo fixo. Ele aceita os socos para retribuir depois. Khabib não é assim”, disse Chandler.

AInda sobre o duelo, Chandler acredita que o campeão pressiona tanto os adversários, que conseguirá impedir o adversário de usar seus chutes baixos, parte importante de seu jogo.

“Khabib vai atacar e não vimos Gaethje recuar muito. Acho que os chutes baixos e os socos poderosos não serão tão efetivos. Consigo ver a luta acontecendo da forma que Khabib gosta. Ele deve vencer, mas de uma forma menos dominante”, finalizou.

Vale lembrar que essa será a primeira luta de Khabib Nurmagomedov após o falecimento de seu pai, Abdulmanap Nurmagomedov. O campeão do peso leve do UFC está invicto, possui 28 vitórias na carreira e já informou que pretende se aposentar quando completar 30 lutas.

Por sua vez, Justin Gaethje chegou invicto ao UFC e, inicialmente, teve dificuldade para se firmar. Ao perder duas lutas consecutivas, a expectativa em torno do atleta diminuiu, porém ele deu a volta por cima e, atualmente, possui quatro vitórias seguidas, sendo todas por nocaute e conquistando o bônus de performance.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments