Gegard Mousasi controla Douglas Lima, vence por pontos e conquista cinturão dos médios no Bellator 250

Armênio confirma favoritismo ao dominar as ações na base da experiência e inteligência e conquista o cinturão da categoria pela segunda vez.

G. Mousasi vence D. Lima e se torna campeão do peso médio do Bellator pela segunda vez. Foto: Reproduçao/Facebook Bellator

O peso médio (83,9kg) conheceu seu novo, velho, rei no Bellator 250. Na luta principal do evento, realizado nesta quinta-feira (29), em Connecticut (EUA), o ex-campeão da categoria, Gegard Mousasi, usou toda a experiência que adquiriu ao longo dos anos e conquistou o cinturão, que estava vago, ao controlar e vencer Douglas Lima na decisão unânime dos juízes. Essa foi a segunda vez que Mousasi se tornou campeão da organização.

Veja Também

Vídeo: Lutador consegue nocaute brutal com joelhada voadora no Bellator 250
Primeiro atleta a vencer Anderson Silva, Luis Azeredo relembra conquista pessoal contra lenda

A dupla disputou o cinturão, porque Rafael Lovato Jr, ex-número um, teve que abdicar dele e, mais tarde, se aposentar, ao ser diagnosticado com cavernoma, uma rara doença na região do cérebro.

A Luta

Acostumado a lutar nos meio-pesados (93kg) e médios, Mousasi não quis correr riscos em pé e optou por derrubar Douglas, campeão dos meio-médios (77,6kg), com menos de um minuto de luta. O brasileiro até tentou resistir, mas o adversário grudou, conseguiu o que queria e, nas costas, aplicou diversos socos. Douglas se levantou, mas, na sequência, sofreu uma nova queda, ficou por baixo e foi atacado.

No segundo assalto, Mousasi respeitou menos a trocação do brasileiro e foi melhor em pé, ao atacar com jabs, sem se expor ao poder de Douglas. No final, o atleta ainda conseguiu levar o adversário para baixo, causando mais danos.

O terceiro round foi mais do mesmo. Mousasi caminhava para a frente, atacando de forma inteligente com jabs e chutes, enquanto Douglas apenas recuava e, temeroso, lançava poucos golpes.

No quarto assalto, Mousasi voltou a confundir Douglas e, novamente, foi para a queda logo no primeiro minuto. Ele conseguiu levantar o brasileiro e leva-lo para o chão, mas Douglas se recuperou. Em pé, o brasileiro acertou chutes baixos, mas sempre recuando e levava a pior nos socos.

No último round, Mousasi desacelerou e preferiu administrar a vantagem que conquistou no decorrer da luta. Ao perceber essa postura, Douglas foi agressivo e acertou bons golpes na trocação, porém, na parte final, não conseguiu evitar uma nova tentativa de queda de Mousasi.

Após os tradicionais 25 minutos, os juízes declararam Mousasi como vencedor do embate e, consequentemente, campeão do peso médio pela segunda vez na organização. Por sua vez, Douglas volta sua atenção aos meio-médios, peso no qual é campeão.

Corrales vence batalha contra Girtz

Pelos penas, os veteranos de Bellator, Henry Corrales e Brandon Girtz realizaram um combate bastante movimentado. Logo no início ficou evidente que o primeiro apostaria em uma trocação mais técnica, escolhendo melhor os golpes, enquanto o segundo atacaria na base do poder e de qualquer jeito.

Os 15 minutos foram bastante intensos e a calma, os jabs e chutes baixos de Corrales fizeram a diferença contra os overhands de Gritz. A vitória encerra a má fase e afasta qualquer risco de corte, já que o lutador havia perdido as duas últimas lutas. Por sua vez, Girtz perdeu o segundo duelo consecutivo e vê em risco sua permanência na organização.

Resultados do Bellator 250

CARD PRINCIPAL

Peso médio (até 83,9kg.): Gegard Mousasi derrotou Douglas Lima na decisão unânime dos juízes (48-47, 49-46, 49-46) – Luta pelo cinturão

Peso casado: Henry Corrales derrotou Brandon Girtz na decisão dividida dos juízes (30-27, 27-30, 30-27)

Peso médio (até 83,9kg.): Dalton Rosta derrotou Ty Gwerder na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso pesado (até 120,2kg.):  Jake Hager derrotou Brandon Calton na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29.28)

Peso meio-médio (até 77kg.): Sabah Homasi derrotou Bobby Voelker por nocaute a 0m20s do R2

Peso médio (até 83,9kg.): Johnny Eblen derrotou Taylor Johnson na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Peso casado: Adam Borics derrotou Erick Sanchez na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Peso casado: Cody Law derrotou Orlando Ortega por finalização a 2m41s do R1

Podcast #15 – A vitória de Khabib, sua aposentadoria, e a despedida de Anderson Silva do UFC

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments