Dana admite que UFC 257, com McGregor, pode marcar volta dos fãs nas arenas: ‘Estou pronto’

Presidente do Ultimate revela desejo de promover espetáculo do início do ano em Abu Dhabi, com presença da torcida

D. White em coletiva de imprensa do UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Confirmado para 23 de janeiro, o UFC 257 pode se tornar o evento que marcará o retorno do público nas promoções do Ultimate. Além da volta de Conor McGregor ao octógono, o presidente da companhia, Dana White, admitiu estar pronto para trabalhar com a volta gradual da plateia, mesmo em tempos de pandemia. Em entrevista ao ‘Barstool Sports’, o ‘chefão’ falou com empolgação sobre seus planos.

Veja Também

Como assistir o UFC 255, com Deiveson Figueiredo e Jennifer Maia lutando pelo cinturão, AO VIVO pela televisão e internet
Dana White volta atrás e confirma fim do contrato de Anderson Silva com o UFC
Patrício Pitbull não fica impressionado com vitória de AJ McKee no Bellator 253 e provoca: ‘Dinheiro fácil’

“Seria bom ter fãs. O negócio é que na ‘Ilha da Luta’ (em Abu Dhabi), nós podemos ter fãs vindos de toda a parte do mundo. É um local fácil de se chegar, um destino divertido de ir e nós podemos chegar com tudo”, afirmou o mandatário.

Além da ideia de retornar aos Emirados Árabes, Dana terá mais um aliado de peso: Conor McGregor. Maior fenômeno promocional das artes marciais de todos os tempos, o irlandês voltará a se apresentar após mais de um ano de inatividade. A presença do ‘Notório’ – que enfrenta Dustin Poirier na luta principal – seria o pontapé inicial para uma grande temporada em Abu Dhabi.

“Estou pronto para algumas lutas com fãs. Estou pronto para ir a um show, fazer algumas festas. Pronto para toda essa mer**. Quero me misturar com os fãs de novo, quero eles de volta. Descobriremos como fazer isso em segurança e colocar em prática em Abu Dhabi”, finalizou.

Sem a presença de público desde março, o UFC vem promovendo seus eventos em sua sede em Las Vegas. A famosa ‘Ilha da Luta’ também tem sido um ponto alternativo para a organização, recebendo atletas estrangeiros que não conseguem desembarcar nos Estados Unidos por conta da pandemia do coronavírus.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments