Cormier pausa rivalidade com Jones e dá dica importante sobre estreia nos pesados: 'Faz todo sentido' | SUPER LUTAS

Cormier pausa rivalidade com Jones e dá dica importante sobre estreia nos pesados: ‘Faz todo sentido’

Ex-campeão da categoria afirma que eterno algoz deveria repensar na decisão de debutar no grupo lutando direto pelo cinturão; DC sugere oponente

D. Cormier (esq.) pega J. Jones (dir.) no UFC 214. Foto: Reprodução Youtube UFC

Dono de uma das carreiras mais vitoriosas na história recente do MMA, Daniel Cormier, agora, há tempos, vem se destacando como comentarista. Maior rival na carreira de Jon Jones, o norte-americano avaliou a estreia do algoz na divisão dos pesados (até 120,2kg.) e deu uma dica importante para o compatriota no debute.

Veja Também

“Coloque (Curtis) Blaydes contra Jon (Jones) e faça (Derrick Lewis contra (Jairzinho Rozenstruik). Faz todo o sentido do mundo, porque, primeiro: se Jones vencer Blaydes, ninguém vai dizer que ele não pertence aos pesados. Se Blaydes vencer Jones, ele terá vencido o melhor de todos os tempos – na cabeça das pessoas -. Ele ganhará uma disputa de cinturão logo em seguida”, afirmou Daniel, no ‘DC and Helwani’.

Cormier apresentou a ideia depois que Blaydes e Lewis tiveram sua luta cancelada no último final de semana. Os gigantes protagonizariam o UFC Las Vegas 15, mas Curtis testou positivo para Covid-19 pouco antes da pesagem oficial, sendo imediatamente retirado do card.

Fora dos meio-pesados (93kg.) desde que abdicou de seu cinturão, em agosto, Jon vem se dedicando ao ganho de massa muscular e se prepara para enfrentar oponentes de maior força física. A estreia do astro na categoria liderada por Stipe Miocic acontecerá em 2021. O adversário e a data, no entanto, ainda são um mistério.

‘Bones’ não luta desde sua vitória polêmica sobre Dominick Reyes, em fevereiro deste ano. Na ocasião, o então campeão da divisão até 93kg. levou o resultado em uma decisão controversa dos juízes. De acordo com um grande número de fãs, membros da imprensa especializada e até  do presidente da companhia, Dana White, o desafiante bateu o antigo líder.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments