Velasquez golpeia Cigano mais de 100 vezes e estabelece nova marca no UFC

Durante a luta pelo cinturão dos pesados, o norte-americano acertou quase 50% dos 224 golpes que tentou desferir em Júnior dos Santos

Velasquez dos Santos

Cain Velasquez fez mais do que recuperar o cinturão dos pesados no UFC 155, estabeleceu um novo, e impressionante, recorde. O norte-americano golpeou o brasileiro Júnior Cigano por 111 vezes na luta realizada no último sábado, de acordo com dados do site especializado FightMetric.

Curiosamente, a marca foi batida praticamente um ano após o antigo recorde ser estabelecido. No dia 30 de dezembro de 2011, o norte-americano Jimy Hettes acertou o compatriota Nam Phan 81 vezes na primeira luta do card preliminar do UFC 141. A revanche entre Cigano e Velasquez aconteceu no dia 29 de dezembro de 2012, exatos 365 dias depois – a diferença de um dia se dá pelo atual ano ser bissexto.

Os números comprovam a superioridade de Velasquez no combate, que lhe rendeu o cinturão perdido para o próprio brasileiro Júnior Cigano há pouco mais de um ano. Após os cinco rounds, os três juízes foram unânimes em assinalá-lo como vencedor e deram as seguintes notas: 50-45, 50-43 e 50-44.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

8 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
anderson lissenko
anderson lissenko
7 anos atrás

Entao meritos ao cigano, pois terminar a luta levando tantos golpes assim torna o cain um cara fraco, pois perdeu a luta anterior com apenas um golpe!!!

MARCOS
MARCOS
7 anos atrás

Com todos esses socos o Cain não conseguiu nocautear o Cigano, e no inicio da luta o que vi foi o Cigano somente escapando das tentativas de queda do Cain, escapava e não ia pra cima para golpear só fugia. Acredito que se Cigano vier com uma nova postura partindo para cima , o que não fez, Vence fácil, pois com toda essa superiosidade ele aguentou e não foi nocauteado nem finalizado.

jose l bruno neto
jose l bruno neto
7 anos atrás

a palhaçada que eu ja vi na minha vida. mais uma vez um brasileiro se acorvada e se vende pra esses malditos americanos. esta faltando hobridade nos brasileiras. a luta ear muito facil pro tal cigano .mas ele se quer levantou a quarda, se quer ñ deu nenhum soco. simplesmente se vendeu por oitocentos mil reais é inacreditravel como os brasileiros são covardes diante do dinheiro americano. rubens pe de chinelo. felpe massa podre e agora o tal cigano sujo, o nome ja fala cigano.

rodrigo
rodrigo
7 anos atrás

lamentavel esse cigano. imagine então se ele pegar o frank mir… afe fo. / da viu

joao
joao
7 anos atrás

Esse chute se pega no pescoço poderia ter inutilizado Cigano pra sempre, se pega no pescoço. Técnicos de Cigano fizeram uma pessima estratégia e para completar sua incompetencia quase perdem o lutador pra sempre… Cigano levou vinte golpes na cabeça no primeiro round depois da queda, juiz e preparadores do Cigano tinham que ter parado a luta, Cigano nitidamente lutou nocauteado…uma vergonha deixarem o lutador ser linxado desse geito

Roberto Vaz
Roberto Vaz
7 anos atrás

Estou decepcionado com o Cigano. A inferioridade técnica e profissional foi tanta, que tive dois sentimentos: medo de que o cigano pudesse morrer e vergonha alheia.

lenir alves
lenir alves
7 anos atrás

O Velasque lutou praticamente sozinho…O cigano estava grogue ou bebado, não reagiu era como se não tivesse lutando,horrivel nossa.

Rafa Barros
Rafa Barros
7 anos atrás

O Cigano na verdade não lutou,ele foi apenas um sparring para o Cain.