Brutalizado por Michael Chandler, Dan Hooker critica atuação diante de estreante | SUPER LUTAS

Brutalizado por Michael Chandler, Dan Hooker critica atuação diante de estreante

Responsável por dar as ‘boas-vindas’ ao norte-americano, neozelandês se diz incrédulo com a derrota no UFC 257

M. Chandler (dir.) derrotou D. Hooker (esq.) no UFC 257. Foto: Reprodução/Instagram

Responsável por dar as ‘boas-vindas’ a Michael Chandler no Ultimate, Dan Hooker segue abalado pelo resultado negativo diante do estreante, no UFC 257. Em entrevista ao ‘Submission Radio’, o neozelandês não escondeu sua decepção com sua atuação, que o afastou temporariamente de uma luta pelo cinturão dos leves (até 70,3kg.). Nocauteado ainda no primeiro round, o atleta falou sobre o caso.

Veja Também

“Passou uma semana e o que você pode dizer? Você tem bons dias e dias ruins. Você se prepara para os piores cenários, mas, ainda assim, fui surpreendido. Fiquei surpreso do quanto foi ruim. Não tenho palavras para descrever. Parece que desperdicei quatro meses da minha vida para aquilo”, desabafou o atleta.

Logo após o revés para Chandler, Hooker, ainda no octógono, retirou suas luvas como fazem atletas prontos para deixar o esporte. A ação do neozelandês foi comentada, mas, para acabar com qualquer dúvida, Dan falou sobre a situação.

“Você sempre se frustra depois de uma derrota. Foi um balanço de tudo. Você fica desapontado e, em um momento daqueles… ‘Estou cheio. Estou farto deste esporte de mer**’. Depois você volta par ao hotel e entende que você não é bom em mais nada. Então, me coloquei em uma encruzilhada (risos)”, explicou o atleta.

Aos 30 anos, Hooker soma 30 apresentações como profissional no MMA. Atual número oito no ranking, o atleta soma 20 triunfos e 10 derrotas no esporte.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments