Após atropelo em Frankie Edgar, Cory Sandhagen vê disputa de cinturão dos galos como obrigatória | SUPER LUTAS

Após atropelo em Frankie Edgar, Cory Sandhagen vê disputa de cinturão dos galos como obrigatória

Atual número dois no ranking, norte-americano justifica por que merece lutar pelo título, depois de grande vitória no UFC Las Vegas 18

C. Sandhagen em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Um dos grandes destaques no UFC Las Vegas 18, realizado no último sábado (6), nos Estados Unidos, Cory Sandhagen pode ter carimbado o passaporte para sua sonhada disputa de cinturão nos galos (até 61,2kg.). Após atropelar o veterano Frankie Edgar, o norte-americano espera ter convencido à organização de que merece enfrentar o cinturão. Em coletiva após o espetáculo, ele falou sobre o assunto.

Veja Também

“Sou um ‘monstro’ diferente de quando enfrentei Aljamain Sterling. Ele me ensinou algumas linções. Eu sei que (Petr) Yan vem falando sobre enfrentar TJ (Dillashaw) depois (de encarar Sterling), se ele vencer a luta. Isso é um lixo para mim”, se irritou Cory.

Atual número dois no ranking, Sandhagen acredita ter feito o suficiente para se garantir como principal desafiante do grupo. Antes de superar Edgar, o atleta havia brutalizado Marlon Moraes e, consequentemente, chegado ao top 5.

“Me enfrente. Sou o mais duro comparado ao Aljamain. Se Aljamain vencer, eu devo a ele uma ‘soneca’. Ele vai ganhar uma. O vencedor desses dois será nocauteado por mim em julho”, cravou o combatente.

Yan e Sterling estão confirmados como um dos protagonistas do UFC 259, que acontece em 6 de março. O confronto marcará a primeira defesa de título do russo, que conquistou o posto no embate contra José Aldo, em julho de 2020.

Podcast #017: Qual o tamanho da vitória de Anderson Silva sobre Julio Cesar Chavez Jr no Boxe?

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments