Em luta equilibrada, Leandro Higo supera Darrion Caldwell por pontos e se aproxima de disputa de cinturão | SUPER LUTAS

Em luta equilibrada, Leandro Higo supera Darrion Caldwell por pontos e se aproxima de disputa de cinturão

Em reencontro após três anos, brasileiro se sagra vencedor na decisão dividida dos juízes; Maycon Mendonça estreia com derrota na organização

L. Higo derrotou D. Caldwell na decisão dividida dos juízes. Foto: Reprodução/Instagram

Responsáveis pela segunda luta mais importante do Bellator 259, realizado nesta sexta-feira (21), nos Estados Unidos, Leandro Higo e Darrion Caldwell promoveram um dos melhores duelos da noite. Em confronto marcado pela agressividade, o brasileiro deixou o octógono com uma vitória na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28) e consegue ‘dar o troco’ no reencontro após três anos.

Veja Também

Com o resultado, Higo se aproxima de uma disputa de cinturão na divisão dos galos (até 61,2kg.). Agora, ele amplia a sequência para três vitórias seguidas. O brasileiro tem um cartel de 21 triunfos e cinco reveses.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Darrion Caldwell sofreu seu segundo resultado negativo na organização. Desta forma, o norte-americano tem um retrospecto de 15 vitórias e cinco derrotas.

A LUTA

Em começo de muito estudo entre os lutadores, Leandro Higo teve a primeira iniciativa após um minuto. Ele chutou baixo na base de Darrion Caldwell, que aproveitou a primeira oportunidade para quedar. O brasileiro ainda chegou a ameaçá-lo com uma guilhotina, mas não conseguiu ajustar a posição. Dominante, o norte-americano fez postura e desferiu duras cotoveladas, que logo cortaram a testa de seu oponente. Nos últimos segundos, Higo atacou Caldwell em uma chave de braço, mas o adversário defendeu a situação.

No segundo round, Leandro Higo chutou baixo e fez com que Darrion Caldwell se desequilibrasse. O brasileiro tentou ir para as costas, mas viu o norte-americano inverter a situação e cair por cima. Ainda assim, o atleta da ‘Pitbull Brothers’ não desistiu e seguiu aplicando outras cotoveladas, enquanto seu adversário – mesmo por cima – sequer tentou progredir.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No terceiro e último assalto, Higo segurou a perna de Caldwell e chegou a erguê-lo. Porém, o norte-americano foi mais rápido e pegou as costas do brasileiro. O duelo ficou travado, com o brasileiro novamente ameaçando com uma guilhotina e, na base, acabou desferindo uma joelhada ilegal, enquanto seu adversário estava em quatro apoios.

Assim que a luta foi reiniciada, Darrion Caldwell ainda teve tempo de atacar a queda, mas teve que se proteger da guilhotina aplicada por Leandro Higo. Apesar de não pegar a posição, o brasileiro fez a transição e seguiu nas costas. Nos últimos segundos, o norte-americano explodiu e caiu por cima.

Maycon Mendonça é superado por Jaleel Willis e estreia com derrota no Bellator

Não deu para Maycon Mendonça. O brasileiro, que fez sua estreia no Bellator, enfrentou Jaleel Willis no card principal da edição de nº 259. No combate, ele sofreu com duras quedas de seu adversário durante os rounds e foi derrotado na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As primeiras investidas do combate foram dadas por Maycon Mendonça. Com chutes baixos, ele chegou a atingir Jaleel Willis, que preferiu não ‘pagar para ver’ e logo levou o jogo ao solo. Por cima, o norte-americano sequer progrediu em suas tentativas e viu o brasileiro se levantar. Ainda assim, ele insistiu na pegada em outras duas oportunidades, mas foi pouco efetivo.

A estratégia de Maycon Mendonça no segundo round foi apostar na vantagem de envergadura. Mantendo a distância, o brasileiro aplicou um direto no rosto do adversário, mas sofreu uma combinação de jab e direto de Jaleel Willis. Com base no muay-thai, Mendonça investiu nos famigerados chutes na panturrilha para inibir a movimentação do norte-americano. Em uma tentativa de encurtar, no entanto, ele voltou a ser quedado por Willis, que seguiu pontuando por cima até o final do combate.

Por fim, o brasileiro voltou a ter as primeiras tentativas com chutes baixos. Porém, em duas oportunidades, acertou a genital do norte-americano e foi advertido pelo árbitro. Assim que o combate teve um reinício, Maycon Mendonça cruzou a cotovelada invertida, mas Jaleel Willis teve a esperteza de derrubar. Em desvantagem, o carioca conseguiu se desvencilhar e seguiu perseguindo seu adversário – inclusive com uma joelhada voadora. Por outro lado, Willis ‘soube sofrer’ e seguiu nos contragolpes até o final do combate.

A vitória fez com que Jaleel Willis emplacasse sua sexta seguida na carreira – sendo a segunda no Bellator. Agora, o norte-americano tem um cartel de 16 triunfos e dois reveses.

Já Maycon Mendonça encerra a sequência de cinco triunfos seguidos e sofre um revés logo em sua estreia na organização. Ele tem um retrospecto de 11 resultados positivos e quatro negativos.

Hanna Guy vence Valeire Loureda na decisão unânime dos juízes

Em luta que abriu o card principal do Bellator 259, Hanna Guy e Valeire Loureda se enfrentaram pela divisão do peso mosca feminino (até 56,7kg.). Em duelo que marcou sua estreia pela organização, Guy foi superior à adversária e venceu na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28).

O combate começou com muita ação entre as combatentes, com Hanna Guy tentando derrubar logo nos segundos iniciais do combate. Logo em seguida, no entanto, Valeire Loureda acertou um lindo cruzado de esquerda que acertou em cheio na adversária. O troco foi dado quando Guy entrou em queda e encaixou uma chave de braço. Ela tentou ajustar seu jogo, mas viu Loureda se recuperar e sair da posição.

Na volta, Hanna Guy encurralou Valeire Loureda, mas sofreu a inversão. De forma rápida, no entanto, ela conseguiu reverter o jogo e passou com tranquilidade para a montada. Ainda que estivesse sangrando, a norte-americana estabilizou a posição e desferiu duros socos. Guy ainda tentou outra chave de braço, mas viu Loureda sobreviver novamente.

No último e decisivo round, Guy caiu por baixo e ainda arriscou a guilhotina, mas não conseguiu pegar a posição. Em pé, ela investiu nas pegadas do clinch junto à grade e chegou a desferir joelhada na linha da cintura. Aparentando estar exausta, Loureda sequer conseguia aplicar outros golpes sem que fosse atingida. A reta final foi marcada, mais uma vez, por outra queda de Hanna, que seguiu ‘amassando’ sua oponente até o soar do gongo.

Com o resultado, Hanna Guy entra com o ‘pé direito’ no Bellator e emplaca sua terceira vitória na carreira. Ela também já perdeu uma vez. Por outro lado, Valerie Loureda sente o sabor amargo de seu primeiro revés na carreira. Anteriormente, ela conseguiu vencer em três oportunidades.

Em domínio completo, Austin Vanderford triunfa contra Fabian Edwards e segue invicto na carreira

Em combate válido pela divisão dos médios (até 83,9kg.), Austin Vanderford mostrou superioridade no jogo de Wrestling para vencer Fabian Edwards nos três rounds (30-27, 30-27, 30-27). O duelo também ficou marcado por um ‘banho de sangue’ do norte-americano nos segundos finais do duelo.

Logo no início do combate, Austin Vanderford marcou uma queda e conseguiu controlar boa parte do round. Por outro lado, Fabian Edwards conseguiu se recuperar e voltou o duelo em pé, mas levava desvantagem na trocação. Enquanto isso, Austin seguia superior e, novamente, conseguiu derrubar, terminando por cima.

Nos rounds seguintes, Vanderford voltou a mostrar superioridade. Ele combinou um jab e direto, além de aplicar um chute alto. Ainda em vantagem, o lutador conseguiu derrubar mais uma vez. O ‘Sr. VanZant’ seguiu progredindo e combinando duros golpes no ground and pound. Na reta final, Fabian Edwards conseguiu acertar uma cotovelada por baixo que abriu a testa de seu oponente e o deixou ensanguentado. Porém, a luta já estava em seus últimos segundos e foi paralisada apenas no final do assalto.

Marido da ex-UFC Paige VanZant, Austin Vanderford segue invicto na carreira. Ao todo, são 12 vitórias e nenhuma derrota. Fabian Edwards, irmão de Leon, sofreu seu segundo revés seguido. O inglês também tem nove triunfos.

RESULTADOS DO Bellator 259

CARD PRINCIPAL

Peso pena (até 65,7kg.): Cris Cyborg x Leslie Smith – Luta pelo cinturão

Peso galo (até 61,2kg.): Leandro Higo derrotou Darrion Caldwell na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso médio (até 93kg.): Austin Vanderford derrotou Fabian Edwards na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.) Jaleel Willis derrotou Maycon Mendonça na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): Hannah Guy derrotou Valerie Loureda na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso leve (até 70,3kg.): Saad Awad derrotou Nate Andrews por nocaute a 3m16s do R1

Peso meio-pesado (até 93kg.): Grant Neal finalizou Tyree Fortune com um mata-leão a 4m20s do R1

Peso mosca (até 56,7kg.): Sumiko Inaba derrotou Kristina Katsikis por nocaute técnico a 3m35s do R3

Peso leve (até 70,3kg.): Aviv Gozali finalizou Sean Felton com uma chave de perna a 1m17s do R1

Peso pesado (até 120,2kg.): Davion Franklin derrotou Tyler King por nocaute a 2m02s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Leah McCourt finalizou Janay Harding com um triângulo a 2m42s do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Danny Sabatello derrotou Brett Johns na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso leve (até 70,3kg.): Alexander Shabliy derrotou Alfie Davis na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments