Ronda Rousey sobre lutadora transexual: ‘Não acho que seja justo’

Campeã se diz contrária à permanência de Fallon Fox nas categorias femininas do MMA

Ronda Rousey (foto) fez duras críticas a sua desafeta Cris Cyborg. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronda Rousey (foto) foi mais uma personalidade a dar seu opinião sobre a polêmica de Fallon Fox. Foto: Josh Hedges/UFC

A polêmica da lutadora Fallon Fox, transexual que tem competido no MMA feminino, chegou à campeã da principal organização de artes marciais mistas do planeta Ronda Rousey. Como uma das principais representantes do esporte, Rousey foi questionada sobre a presença de Fox nas divisões femininas e se posicionou de maneira contraria à permanência da transexual entre as mulheres no esporte.

“Eu acho que deve ser caso a caso. No caso Fallon Fox, ela passou a puberdade inteira como um homem, e eu acredito que a sua identidade é definitivamente a de uma mulher. Mas neste momento em sua vida, não é cientificamente possível fazer seu corpo exatamente igual ao que como uma mulher”, declarou em entrevista ao programa Inside MMA, da TV a cabo norte-americana .

Rousey ainda explicou quais seriam as vantagens que acredita que Fallon Fox teria sobre as suas adversárias. “Só a densidade e a estrutura óssea que tem depois de ter passado pela puberdade como um homem, é uma vantagem sobre uma mulher”, justificou.

A campeã se mostrou mais comedida em suas palavras, principalmente depois da suspensão de Matt Mitrione pelo UFC depois das duras críticas feitas pelo peso pesado à atleta transexual. Mesmo assim Ronda deixou claro seu ponto de vista. “É uma vantagem.Não acho que seja justo”, finalizou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments