Sonnen revela que torcedor brasileiro tentou agredí-lo no TUF 17 Finale

Falastrão contou que o ataque aconteceu nas arquibancadas do Mandalay Bay

Chael Sonnen defende Overeem no caso de doping e critica a imprensa

Chael Sonnen disse que o torcedor foi “longe demais”. Foto: Josh Hedges/UFC

O acontecimento de um episódio lamentável nos bastidores do TUF 17 Finale, no último sábado (13), foi relatado por Chael Sonnen, em entrevista ao site MMA Junkie. O norte-americano revelou que quase foi agredido por um torcedor, identificado como brasileiro, nas arquibancadas do  Mandalay Bay Events Center – palco do evento. A intervenção de um segurança impediu que Chael fosse atingido

“Eu estava conversando com alguns fãs e esse senhor partiu pra cima de mim”, disse. Sonnen ainda tentou entender as razões de seu agressor. “O cara parecia um cara legal. Ele era um fã de Anderson Silva. Ele estava apoiando Anderson Silva verbalmente. Mas transformar isso em algo físico, sim, isso foi uma surpresa. Mas até certo ponto, ele só parecia um cara com paixão pelo seu lutador favorito”, ponderou.

Apesar das palavras, aparentemente, compreensivas, Chael Sonnen fez questão de condenar a atitude. “Eu acho que um fã pode fazer qualquer coisa que queira. Acho que eles pode importunar, pode vaiar, mas não podem nos tocar. Mas a mesma coisa vale para mim. Eu posso gritar com um fã também, mas você pode tocar nele. Se quiser ser um torcedor, você compra o bilhete e pode ter qualquer energia que quiser, positiva ou negativa. Neste caso foi negativa, e ele foi pouco longe demais”, criticou o treinador do TUF 17.

Chael Sonnen volta ao octógono no próximo dia 27 de abril, contra Jon Jones. O combate, que é o principal do UFC 159, marca o encontro dos técnicos da 17ª temporada do reality show The Ultimate Fighter e é válido pelo cinturão da categoria peso meio-pesado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments