Stephen Thompson afirma que Gilbert Durinho 'teve medo' de trocar golpes em pé no UFC 264 | SUPER LUTAS

Stephen Thompson afirma que Gilbert Durinho ‘teve medo’ de trocar golpes em pé no UFC 264

Norte-americano também acredita que poderia ter sido mais agressivo para sair com o triunfo

G. Durinho (dir.) derrotou S. Thompson no UFC 264. Foto: Reprodução/Instagram

A derrota para Gilbert Durinho no UFC 264 ainda não foi superada por Stephen Thompson. Na segunda luta mais importante da noite, o norte-americano teve a chance de se aproximar de uma disputa de título nos meio-médios (até 77kg.), mas acabou dominado e derrotado na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

Em entrevista ao canal ‘James Lynch’ no YouTube, Thompson relembrou o combate e afirmou que Durinho não foi agressivo o suficiente. Ainda assim, ele admite que deveria ter atacado ainda mais para que pudesse sair com a vitória.

“Eu definitivamente poderia ter sido mais agressivo naquela luta com a minha trocação. No segundo round, ele mostrou que estava tentando me derrubar e abaixando a cabeça. Fiquei surpreso ao vê-lo feliz com isso. Depois da luta ele agiu como se tivesse acabado de ganhar o título. Se fosse eu, ficaria desapontado por vencer daquela forma. Mas estou desapontado com meu desempenho também. Eu deveria ter sido mais agressivo e deixado minhas mãos voarem!”, disse Thompson.

Além disso, Stephen refletiu que talvez tenha esperado demais por um ataque de Gilbert, mas diz que o brasileiro teve medo de trocar golpes em pé.

“Agora que olho para trás, (vejo que) ele estava recuando pois estava com medo da minha trocação. Durante a luta, fiquei sentado esperando por ele, certificando-me de não ser agressivo demais ao ir para a frente. Eu queria mantê-lo bem na parte em que eu não estava nem muito perto e nem muito longe. Mas agora olho para trás e vejo que ele estava com medo”, completou o lutador.

O norte-americano estava perto de uma disputa de título após emplacar uma série de duas vitórias consecutivas, mas vai precisar reconstruir seu caminho rumo ao cinturão. Profissional desde 2010, Thompson conta com um cartel de 16 triunfos, cinco reveses e um empate.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments