Sonnen diz que fica nos meio-pesados e pede luta contra Wanderlei Silva

Falastrão revelou seus planos para o futuro ao programa UFC Tonight

Ao contrário do que se especulou, Chael Sonnen está longe da aposentadoria. Foto: Josh Hedges/UFC

Ao contrário do que se especulou, Chael Sonnen está longe da aposentadoria. Foto: Josh Hedges/UFC

O combate de Chael Sonnen contra Jon Jones, pelo título dos meio-pesados do Ultimate, parece ter sido o início de um novo capítulo na carreira do falastrão. Em entrevista ao programa ‘UFC Tonight‘, na última terça-feira (30), Sonnen revelou que vai continuar na categoria até 93 kg e falou sobre o desejo de enfrentar um dos principais nomes do MMA brasileiro.

“Eu definitivamente vou continuar (na categoria meio-pesado), a não ser que apareça uma luta com peso combinado”, declarou Chael. O falastrão já havia lutado na divisão até 93 kg antes, inclusive em sua primeira luta pelo UFC contra Renato Sobral, mas vinha atuando pelos médios desde os tempos de WEC.

Sonnen ainda aproveitou a entrevista para fazer o que sabe de melhor: provocar e escolher seu próximo adversário. O alvo da vez foi o brasileiro Wanderlei Silva. “Ele (Wanderlei) tinha me desafiado antes, e eu o desafiei, mas a luta nunca fez sentido. Eu era um desafiante e ele era apenas um cara no card. Agora eu acho que a luta faz um pouco mais de sentido”, disse.

Mas a luta contra Wand não está sendo tratada como um “capricho” por Chael, mas como um objetivo para sua carreira. “Eu não vou deixar o esporte. Sempre que me perguntam sobre a aposentadoria, eu nunca digo isso, mas eu sempre penso: ‘não vou a lugar nenhum até acertar as coisas com Wanderlei de uma vez por todas'”, finalizou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments