Michael Chandler volta atrás e afirma que não vai se vacinar contra Covid-19 mesmo com aprovação da FDA | SUPER LUTAS

Michael Chandler volta atrás e afirma que não vai se vacinar contra Covid-19 mesmo com aprovação da FDA

Em negociações para enfrentar Justin Gaethje, o ex-campeão do Bellator havia afirmado que tomaria a vacina em caso de aprovação da agência

M. Chandler em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos principais pesos leves (até 70,3 kg) do UFC na atualidade, Michael Chandler afirmou que não vai se vacinar contra a Covid-19 apesar da aprovação total da vacina da Pfizer por parte da Food and Drug Administration (FDA), agência regulatória dos Estados Unidos, equivalente à Anvisa no Brasil.

Veja Também

O UFC planeja casar o duelo entre Michael Chandler e Justin Gaethje para o UFC 268, em novembro, com sede provável no Madison Square Garden, em Nova Iorque. O estado, no entanto, só permite participação em atividades em locais fechados com o comprovante de vacinação.

“Eu não quero tomar. Com aprovação da FDA ou não. Está bom pra vocês? Eu não tenho problema nenhum com as pessoas tomando. Todos nós temos uma escolha, essa é a minha”, respondeu Chandler a um seguidor que perguntou se ele tinha intenção de tomar a vacina.

A resposta de Michael Chandler vai contra o discurso feito por ele no início do mês de agosto. Na ocasião, o peso leve havia dito que não tomaria a vacina até que ela fosse 100% aprovada pela FDA.

“Não é que eu seja anti-vax. Não é que eu não acredite em vacinas, necessariamente. Eu só não vou tomar a vacina até ela estar 100% aprovada pela FDA. Tivemos centenas de testes clínicos, assim como tivemos nas vacinas que meu filho tomou – sarampo, catapora e toda as outras vacinas que estão por aí há cerca de 100 anos e já provaram seu valor. Vamos ver. Não sei o que vai acontecer”, afirmou Chandler na época.

Ex-campeão do Bellator, Michael Chandler vem de derrota para o brasileiro Charles do Bronx em luta válida pelo cinturão dos leves do UFC.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments