Hendricks: “Nós já temos um plano de jogo para GSP, só falta ele aceitar a luta”

Possível próximo adversário de Georges St-Pierre mostra confiança em seu jogo

Hendricks (esq.) é o azarão para a luta contra GSP (dir.)

Hendricks (esq.) é o azarão para a luta contra GSP (dir.)

Johny Hendricks credenciou-se como desafiante ao cinturão da categoria meio-médio depois de enfileirar vitórias sobre integrantes do top 10 como Jon Fitch, Martin Kampmann e Josh Koscheck, dentre outras. O convincente triunfo sobre Carlos Condit, no UFC 158, ratificou a condição do “Bigg Rigg”.

Na teoria, Hendricks já deveria ter disputado o cinturão contra o campeão Georges St-Pierre no UFC 158, mas o canadense preferiu enfrentar Nick Diaz sob o pretexto de ter “negócios inacabados” com o ex-campeão do Strikeforce. Com o problema resolvido no último mês de março, o caminho estava aparentemente livre novamente para Hendricks. Mas o combate até o momento não foi oficializado.

St-Pierre encontra-se no meio de um sonho antigo de Dana White, o de confrontar Anderson Silva com GSP ou Jon Jones, em superluta que provavelmente bateria o recorde de pay-per-view da organização. Antes, o brasileiro precisa vencer Chris Weidman no UFC 162, em julho. Como St-Pierre acredita que Weidman vai tomar o cinturão de Anderson, Hendricks seria mesmo seu próximo oponente.

No meio de tanta confusão, Hendricks ainda tem dúvidas sobre quando finalmente disputará o título de sua categoria. “Acho que já temos um plano de jogo para enfrentar GSP”, disse ele ao programa MMAjunkie Radio. “Só falta ele aceitar”.

Mostrando confiança, Hendricks foi além. Ele não aparenta estar tão preocupado com o jogo de quedas de GSP, principal ferramenta do campeão.

“Não estou dizendo que ele (GSP) nunca vai me derrubar. Mas GSP tem dito há anos: ‘Você nunca enfrentou ninguém como eu’. Bem, adivinhe, ele também nunca enfrentou ninguém como eu. Tenho poder de nocaute, sou mais forte que qualquer um que ele já enfrentou até hoje e meu wrestling é melhor do que o de qualquer um que ele já tenha encarado. Eu derrubei Carlos Condit mais em três rounds do que GSP o fez em cinco.”

Numa sessão com a imprensa durante o UFC 160, no último fim de semana, Dana White disse que o confronto entre St-Pierre e Hendricks deve ocorrer durante o outono do hemisfério norte, mas não especificou uma data. O presidente do UFC disse ainda que poderia fazer uma conferência telefônica com os dois lutadores para resolver qualquer pendência que esteja atrapalhando a confirmação do combate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments