Conor McGregor opina sobre o principal motivo que levou Tyson Fury a nocautear Deontay Wilder

De acordo com o irlandês, a diferença de quase 20 kg entre os rivais foi o maior diferencial para a vitória do britânico

C. McGregor oinou sobre a trilogia entre T. Fury e D. Wilder. (Foto: Reprodução/YouTube)

No último sábado (11), o mundo dos esportes de combate parou para assistir à trilogia entre os pesos pesados Tyson Fury e Deontay Wilder pelo título do Conselho Mundial de Boxe (WBC). Assim como o segundo encontro entre os dois, o terceiro duelo terminou com nocaute de Fury, dessa vez no décimo primeiro round.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Ex-campeão de duas categorias do UFC, Conor McGregor foi um dos lutadores de MMA a se pronunciar sobre a vitória de Fury sobre Wilder. Através de publicações em rede social, o irlandês parabenizou os dois boxeadores pelo duelo e chamou a atenção para a performance de Wilder apesar da diferença de tamanho em relação a Fury.

“Foi uma grande luta, dois guerreiros e dois vencedores. Difícil não se impressionar com o que Deontay fez. Enfrentou um cara muito maior e quase conseguiu”, parabenizou Conor McGregor.

PUBLICIDADE:

Tyson Fury chegou para o duelo contra Deontay Wilder mais pesado do que nunca. O campeão aferiu 277 libras (aproximadamente 125,6 kg), enquanto o norte-americano pesou 238 libras (aproximadamente 108 kg), quase 20 kg a menos que o britânico. Para Conor McGregor, esse foi o principal fator que levou ao nocaute de Fury no décimo primeiro round.

“Grande luta, mas 40 libras (aproximadamente 18 kg) é muita diferença de peso. Jogo limpo dos dois lá dentro, lutas muito divertidas que fizeram juntos. Respeito. O nível de habilidade deles é único, mas muito parelho. Uma grande trilogia de pesos pesados”, finalizou Conor.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS