Borrachinha reafirma desejo de voltar a lutar no peso médio, mas não fecha as portas para os meio-pesados

Apesar dos problemas com o corte de peso, o brasileiro garantiu que ainda quer o cinturão dos médios antes de subir de divisão

P. Borrachinha afirmou que quer voltar ao peso médio (Foto: Reprodução/Youtube)

Paulo Borrachinha causou grande polêmica durante a semana da luta contra Marvin Vettori ao admitir que não conseguiria bater o limite da divisão dos médios (até 83,9 kg), forçando o combate a ser disputado no peso meio-pesado (até 93 kg).

PUBLICIDADE:

Veja Também

Após a derrota para o italiano, Borrachinha afirmou que, apesar de toda a confusão, pretende voltar a lutar e ir atrás do cinturão dos médios antes de pensar em mudar definitivamente de categoria.

“Eu poderia lutar nos meio-pesados, mas também posso lutar nos médios. Acho que é melhor para mim voltar a minha categoria, a dos médios, ir atrás do cinturão e depois mudar. Eu posso lutar nos meio-pesados a qualquer momento, mas se eu posso bater 84, por que não?”, afirmou.

PUBLICIDADE:

Apesar do desejo de voltar a lutar nos médios, Borrachinha afirmou se sentir saudável na divisão de cima. Mas, segundo o brasileiro, seria necessário receber mais dinheiro do UFC para que a mudança de estilo de vida necessária para manter o novo peso valesse à pena.

“Eu me sinto saudável. O único problema é que preciso fazer muita dieta. Não curto a vida. Só salada o dia inteiro. Então, não é divertido, é muito estressante. Preciso colocar na balança e ver se vale a pena. Pelo que me pagam agora, preciso pensar”, disse o brasileiro.

PUBLICIDADE:

Por fim, Borrachinha respondeu aos comentários de Dana White, que elogiou sua performance, principalmente no quinto round, e disse enxergá-lo como um meio-pesado.

PUBLICIDADE:

“Isso é uma boa intepretação da parte dele. Fico feliz. Eu sei que eu poderia lutar muito bem nos meio-pesados. Acho que estou com 100 ou 102 quilos agora. Me sinto bem nesse peso, me sinto rápido e capaz de receber golpes sem cair. Vamos ver”, deixou em aberto Borrachinha.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?