Dana White descarta polêmica e aprova vitória de Rashad no UFC 161

Presidente do UFC concorda com juízes, diz que combate foi equilibrado e acha que Hendo também poderia ter vencido a luta

Rashad-Evans-vs.-Dan-HendersonOs norte-americanos Rashad Evans e Dan Henderson travaram um duelo equilibrado do principio ao fim e repleto de alternâncias no controle da luta principal do UFC 161, evento realizado neste sábado (15), em Winnipeg, no Canadá. Ao final de 15 minutos de disputa, Evans venceu na decisão dividida dos juízes e parte do público não gostou do resultado.

Ainda que a decisão não tenha agradado parte da torcida, Dana White, presidente do UFC, concordou com a decisão dos julgadores canadenses. “Não vi nenhuma controvérsia no resultado, a luta poderia ter sido dada para o outro lado também. Não ficaria chocado se o Dan tivesse vencido. Foi uma daquelas lutas que, de tão apertada, qualquer um poderia ter vencido”, afirmou White, na coletiva de imprensa após o show.

“Essa noite foi uma boa noite para Rashad, porque ele precisava colocar novamente sua cabeça no jogo. Ele estava bem fisicamente e veio para enfrentar um cara muito duro, que poderia vencer com um soco. Senti Rashad muito confiante e indo na direção certa”, encerrou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments