Após nova defesa de cinturão, Dana White afirma que Kamaru Usman ‘é o maior meio-médio da história’

O presidente do Ultimate também fez elogios a Covington, dizendo que o norte-americano seria campeão 'se Usman não existisse'

Usman cinturão UFC 269

K. Usman mantém cinturão no UFC 269. Foto: Reprodução/Instagram

Na madrugada de sábado (06) para domingo (07), Kamaru Usman voltou a derrotar Colby Covington em revanche realizada na luta principal do UFC 268, no Madison Square Garden, em Nova Iorque (EUA). A vitória marcou a quinta defesa bem sucedida do cinturão dos meio-médios (até 77 kg) por parte do nigeriano.

PUBLICIDADE:

Em luta muito disputada, como havia sido na primeira vez em que se encontraram, o campeão saiu vitorioso na decisão unânime dos juízes (48-47, 48-47, 49-46). Em entrevista coletiva concedida após a luta, o presidente do UFC, Dana White, fez questão de elogiar Colby Covington pela performance, mas afirmou que, em sua opinião, Usman é o melhor nome da história dos meio-médios.

“Se Usman não existisse, Colby Covington seria o campeão. Usman é o melhor meio-médio de todos os tempos. Ele está a caminho de possivelmente ser o maior de todos. Colby Covington é um cara duro, muito duro”, declarou Dana White.

PUBLICIDADE:

A segunda vitória sobre Colby Covington foi a décima quinta de Kamaru Usman no UFC. O nigeriano, que conquistou o cinturão em 2019, ainda não foi derrotado desde que estreou na organização, em 2015, e está a apenas um triunfo de igualar o recorde de maior sequência de vitórias do Ultimate, que pertence a Anderson Silva.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?