Ex-lutador culpa Dana por Nova York banir o MMA: ‘Ele bloqueia a união de lutadores’

Mayhem Miller despeja ataques no Twitter contra dirigente que o demitiu

Jason "Mayhem" Miller encara Michael Bisping na luta que custou seu emprego no UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Jason “Mayhem” Miller encara Michael Bisping na luta que custou seu emprego no UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Por um certo tempo, o peso médio Jason Miller e o presidente do UFC Dana White tiveram uma ótima convivência. O dirigente aproveitou a experiência do lutador como apresentador de TV e o escalou como um dos técnicos da 14ª temporada do The Ultimate Fighter, importando Miller do Strikeforce.

Duas más atuações que resultaram em derrotas depois, o atleta viu a relação ruir. Por conta de um desentendimento mal explicado nos bastidores do UFC 146, quando ele perdeu para CB Dollaway, Dana White demitiu o lutador. Mayhem ficou aborrecido na ocasião, mas resolveu despejar sua ira nesta terça-feira, aproveitando uma deixa do ex-chefe.

Dana White usou o Twitter para questionar o motivo pelo qual o estado de Nova York segue como um dos dois únicos que têm uma comissão atlética a não regulamentar o MMA. Miller pegou o gancho e culpou o próprio promotor pelo problema:

“Eu já seu porque (o MMA) não é legal em Nova York, Dana White”, Miller começou a explosão. “Você barra todas as tentativas de sindicalização dos lutadores e demite todo mundo que sugere uma união. Os sindicatos são sediados em Nova York e você não pode entrar lá sem baixar a cabeça para eles. Como seu ego inflado não vai permitir isso, você queima o filme de pessoas inteligentes enquanto segue sua marcha rumo ao monopólio”.

Após os ataques a White, Miller respondeu a alguns seguidores de forma brusca, inclusive acusando a organização de não custear um problema que ele teve no joelho, sob a alegação de ser uma contusão pré-existente ao padrão que o UFC passou a adotar de bancar o tratamento de casos médicos de seus atletas, mesmo se ocorridos durante treinamento.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments