Ex-UFC, Diego Sanchez revela complicações com os sintomas da Covid-19

Em seu 'Twitter', o veterano relatou as complicações que vem sentindo após testar positivo para o coronavírus e atacou o polêmico Colby Covington

D. Sanchez foi cortado do UFC após 16 anos. Foto: Reprodução/Instagram

Ex-atleta do UFC, Diego Sanchez tem enfrentado um perigoso adversário, mas não em um ringue de MMA. Após testar positivo para Covid-19 nos últimos dias, o norte-americano relatou em seu Twitter os graves sintomas que vem sentindo e aproveitou para criticar Colby Covington, que já desdenhou da doença.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Livre no mercado, Kayla Harrison revela o que a motiva na decisão sobre o seu futuro

Veja Também

K. Harrison segue invicta e conquista título dos leves da PFL pela segunda vez

“Cagando, tossindo, vomitando, constante febre alta, dores em cada articulação, enxaquecas, cinco dias sem dormir e constantemente com falta de ar. Meu amigo Luis Palomino me avisou que eu não tinha ideia de que era tão ruim. (Colby) Covington estava falando m***, dizendo que é só uma gripe comum. Rezo para todos os enfermos”, escreveu Sanchez.

PUBLICIDADE:

Integrante da primeira edição do reality show ‘The Ultimate Fighter‘, Diego Sanchez se tornou um dos lutadores mais conhecidos da organização durante a popularização do esporte. O norte-americano foi demitido do UFC no último mês de maio e atualmente está livre no mercado. Aos 39 anos, o combatente possui um cartel de 30 triunfos e 13 reveses no MMA profissional.

https://twitter.com/DiegoSanchezUFC/status/1461713302371778563?s=20

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?