John Allan confirma demissão após duas derrotas seguidas pelo UFC: ‘Até breve’

Com três lutas pela organização, brasileiro diz que foi dispensado pela empresa após mau momento

J. Allan está fora do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

O brasileiro John Allan foi dispensado pelo UFC após apenas três apresentações pela organização. O peso meio-pesado (até 93kg.) vinha de duas derrotas em série. A informação foi divulgada pelo próprio atleta em seu perfil oficial no ‘Instagram’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Salve time! Comunico a todos que não faço mais parte do UFC. Foram 3 lutas no evento (uma vitória e duas derrotas) apesar de terem sido boas lutas, não foi nem perto do que eu sou, ou do que posso mostrar. Passei por muitos problemas nos últimos 3 anos, fiquei muito tempo parado e não consegui engatar uma sequência de lutas. E, com certeza, isso contribuiu para esse momento. Fico triste, mas não vejo isso como um adeus, e sim como um até breve. E agora? Agora vou viver o MMA fora do UFC, continuar trabalhando forte, buscando evoluir, e sendo quem realmente eu sou. Já estou com novos planos, e em breve teremos novidades”, escreveu o atleta.

Contratado pelo Ultimate em 2019, John Allan fez sua estreia diante de Mike Rodriguez, em julho do mesmo ano. Na ocasião, o curitibano venceu o combate na decisão unânime dos juízes, mas teve o resultado revertido após ser flagrado em um teste antidoping por uso de metabólitos do hormônio tamoxifeno.

PUBLICIDADE:

O brasileiro ficou suspenso por um ano e voltou contra Roman Dolidze, em dezembro de 2020. Em luta dura, ele foi derrotado na decisão dividida e, em sua última participação, também perdeu para Dustin Jacoby. O combate aconteceu no dia 6 de novembro. Em sua carreira, agora, Allan tem um cartel de 13 triunfos e sete reveses.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS